Repositório Digital

A- A A+

Redução da infestação de Brachiaria plantaginea em soja pela cobertura do solo com palha de aveia-preta

.

Redução da infestação de Brachiaria plantaginea em soja pela cobertura do solo com palha de aveia-preta

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Redução da infestação de Brachiaria plantaginea em soja pela cobertura do solo com palha de aveia-preta
Outro título Reduction of brachiaria plantaginea infestation on soybean crop with black oat residues
Autor Theisen, Giovani
Vidal, Ribas Antonio
Fleck, Nilson Gilberto
Resumo Este trabalho foi conduzido em área da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, em Eldorado do Sul, RS, em 1996/97, com o objetivo de avaliar os efeitos de resíduos de aveia-preta (Avena strigosa Schreb.) sobre o solo na densidade de papuã (Brachiaria plantaginea (Link) Hitch.) e no rendimento da cultura da soja (Glycine max L. Merrill). O experimento foi conduzido em delineamento de blocos casualizados em parcelas subdivididas, com quatro repetições; os tratamentos método de controle de papuã (nas parcelas) e cobertura do solo (nas subparcelas) foram arranjados em esquema fatorial. A densidade da planta daninha diminuiu de forma exponencial com o aumento da cobertura de aveia sobre o solo, variando de 829 a 86 plantas/m2 para níveis de cobertura 0,0 t/ha e 10,5 t/ha, respectivamente. Houve maior infestação de papuã nas linhas do que nas entrelinhas da cultura. Não houve efeito da cobertura vegetal no rendimento da soja quando a cultura foi mantida livre de papuã. Por sua vez, níveis crescentes de resíduos vegetais sobre o solo controlaram papuã e aumentaram linearmen- te o rendimento da cultura. Nas condições de alta infestação da área, a produção de grãos aumentou na razão de 158 kg/ha de grãos por tonelada de palha sobre o solo.
Abstract This work was conducted at Universidade Federal do Rio Grande do Sul, in Eldorado do Sul, Rio Grande do Sul State, Brazil, during 1996/97, to evaluate the effect of black oats (Avena strigosa Schreb.) residues on alexandergrass (Brachiaria plantaginea (Link) Hitch.) density and on soybean (Glycine max L. Merrill) yield. Treatments were arranged in split-plot in a randomized complete block design with four replicates, with weed control method as main plots and level of black oat residues as subplots. An exponential reduction of alexandergrass density was observed, with data varying from 829 to 86 plants/m2 for levels of straw on the soil surface of 0 to 10.5 ton/ha, respectively. Higher weed infestation occurred on the crop row than between the rows. In the weed-free treatments, soybean yield was not affected by crop residues. On the other hand, soybean yield increased linearly with increased amount of black oat residues on the soil controlling the weed. In weedy areas, soybean yield increased at the rate of 158 kg/ha for each ton of straw on the soil surface.
Contido em Pesquisa Agropecuária Brasileira: 1977. Brasília. Vol. 35, n. 4 (abr. 2000), p. 753-756
Assunto Soja : Praga de planta : Papua : Competicao de variedade : Plantio direto : Palha : Resíduo orgânico : Cobertura do solo : Aveia preta : Matologia
[en] Alexandergrass
[en] Avena strigosa
[en] Crop residues
[en] Glycine max
[en] No-till
[en] Weed
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107462
Arquivos Descrição Formato
000274156.pdf (242.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.