Repositório Digital

A- A A+

Cultivo do tabaco no sul do Brasil : doença da folha verde e outros agravos à saúde

.

Cultivo do tabaco no sul do Brasil : doença da folha verde e outros agravos à saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Cultivo do tabaco no sul do Brasil : doença da folha verde e outros agravos à saúde
Outro título Tobacco cultivation in the south of Brazil : green tobacco sickness and other health problems
Autor Riquinho, Deise Lisboa
Hennington, Élida Azevedo
Resumo O objetivo do estudo foi identificar a presença de problemas de saúde e outros agravos e seus significados para agricultores do tabaco, representantes do Estado, da sociedade civil, da indústria do tabaco e estratégias de enfrentamento. Foi desenvolvido estudo do tipo etnográfico com realização de 35 entrevistas semiestruturadas entre famílias de agricultores e informantes-chave, e observação participante das famílias em localidade rural do RS. Os resultados evidenciaram o reconhecimento da presença da Doença da Folha Verde do Tabaco (DFVT) e outros agravos por parte dos agricultores e representantes da sociedade civil. Representantes da área da saúde não reconhecem problemas de saúde desta população como resultado da atividade produtiva vinculada ao tabaco. Os representantes da indústria admitem a existência de problemas de saúde, porém culpabilizam os agricultores. Conclui-se que é preciso maior aproximação, acompanhamento e intervenção do Poder Público em comunidades rurais que produzem tabaco, visando desenvolver ações de vigilância e promover a saúde do trabalhador.
Abstract The scope of this study was to identify the presence of health problems and their significance for tobacco harvesters, State representatives, civil society and the tobacco industry, and also understand their coping strategies. An ethnographic study with 35 semi-structured interviews answered by harvesters’ families and key informants was carried out in a rural community in the state of Rio Grande do Sul. In addition to that, participant observation of the families was conducted. The harvesters and representatives of civil society acknowledge the presence of green tobacco sickness and other problems. Representatives of healthcare organizations do not identify or recognize the sickness as being a consequence of the productive activity linked to tobacco. Tobacco industry representatives acknowledge that there are health problems, but blame the harvesters. The conclusion reached is that there is a need for a closer approach, monitoring and intervention by Public Authorities in tobacco-producing rural communities, seeking to develop surveillance actions and promote occupational health.
Contido em Ciência & saúde coletiva. Rio de Janeiro. Vol. 19, n. 12 (dez. 2014), p. 4797-4808
Assunto Saúde da população rural
Saúde pública
Tabaco
[en] Anthropology
[en] Health of the rural population
[en] Public health
[en] Qualitative research
[en] Tobacco
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107475
Arquivos Descrição Formato
000945307.pdf (104.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.