Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do impacto provocado pelos processos construtivos racionalizados nas perdas por making-do

.

Avaliação do impacto provocado pelos processos construtivos racionalizados nas perdas por making-do

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do impacto provocado pelos processos construtivos racionalizados nas perdas por making-do
Autor Bonesi, Fabiana Maria
Orientador Formoso, Carlos Torres
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo O controle de perdas na construção civil é de fundamental importância na redução de custos e na melhoria do desempenho dos processos. Dessa forma, existe a necessidade de adotar medidas cada vez mais eficazes na identificação das inúmeras causas das perdas no setor, bem como compreender o impacto que geram na produção, para então propor melhorias nos processos. Estudos recentes apontam para uma nova categoria de perda, a qual está fortemente vinculada a improvisações pelas equipes de obra, intitulada de making-do. Esta perda se refere a situações em que uma tarefa é iniciada sem ter todos os pré-requisitos disponíveis para que se inicie ou continue até o seu término. Em estudos anteriores, making-do foi identificada como causa raiz de outros desperdícios na construção civil. Embora esta categoria de perda tenha sido estudada em processos construtivos tradicionais, tais como estrutura, alvenaria e reboco, inexiste na bibliografia trabalhos que abordem estas perdas em processos construtivos racionalizados. Neste sentido, o presente trabalho tem por objetivo analisar como os processos construtivos racionalizados impactam nas perdas por making-do. Para isso, foi realizado um estudo de caso em cinco torres de um empreendimento residencial vertical na cidade de Porto Alegre, nos quais foram analisados os processos de execução de paredes em dry wall e colocação de portas e batentes (kit porta pronta). Em cada processo buscou-se identificar a ocorrência de perdas por making-do, suas causas e impactos na produção. O desenvolvimento da pesquisa é composto pelas seguintes etapas: (a) pesquisa bibliográfica; (b) caracterização da empresa e do empreendimento, com destaque para os sistemas de planejamento e controle da produção, gestão da qualidade e gestão da segurança, e para os processos construtivos a serem analisados; (c) elaboração do protocolo para coleta de dados; (d) coleta e análise dos resultados. Os resultados desta pesquisa apontaram uma menor ocorrência de improvisações, quando comparados aos processos tradicionais, indicando que um maior grau de racionalização das atividades contribui para a redução das perdas por making-do. A maioria das improvisações observadas neste estudo estava relacionada ao processo construtivo de paredes em dry wall, relacionadas principalmente ao ajuste de componentes, gerando como principal impacto a redução da qualidade.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/107531
Arquivos Descrição Formato
000941321.pdf (2.229Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.