Repositório Digital

A- A A+

Atividade antibacteriana de extratos de erva mate (llex paraguariensis A. St.Hil)

.

Atividade antibacteriana de extratos de erva mate (llex paraguariensis A. St.Hil)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atividade antibacteriana de extratos de erva mate (llex paraguariensis A. St.Hil)
Outro título Antibacterial activity of yerba mate (Ilex paraguariensis A.St.-Hil.) extracts
Autor Girolometto, Giovani
Avancini, Cesar Augusto Marchionatti
Carvalho, Heloisa Helena Chaves
Wiest, Jose Maria
Resumo Através de testes de diluição, em sistema de tubos múltiplos, determinou-se a intensidade de atividade de inibição bacteriana (IINIB) e intensidade de atividade de inativação bacteriana (IINAB) de extratos hídricos (decocto), etanólicos (alcoolatura e hidroalcoolatura) de cambitos e de folhas de Ilex paraguariensis A.St.-Hil.(Aquifoliaceae) sobre as bactérias Staphylococcus aureus (ATCC 25.923), Enterococcus faecalis (ATCC 19.433), Salmonella enteritidis (ATCC 11.076) e Escherichia coli (ATCC 11.229). Todas as formas de extração apresentaram capacidade de inativação e/ou inibição seletivas sobre as bactérias avaliadas, porém os extratos originados por destilação etanólica apresentaram os melhores resultados. Salmonella enteritidis demonstrou maior sensibilidade, seguida por Enterococcus faecalis. Posteriormente, estes dois agentes foram submetidos a testes de suspensão, no mesmo sistema, na presença e ausência de matéria orgânica (soro bovino), sob controle do fator tempo. A presença de matéria orgânica diminuiu, enquanto o tempo de exposição aumentou a sensibilidade de Salmonella enteritidis e de Enterococus faecalis aos diferentes extratos de Ilex testados.
Abstract Dilution tests in multiple tube system were employed to evaluate the intensity of bacterial inhibition activity (IINIB) and bacterial inactivation activity (IINAB) of aqueous extracts (decoctions) and ethanolic extracts (alcoholic and hydroalcoholic extracts) from “cambitos” of Ilex paraguariensis St. Hil. (Aquifoliaceae) leaf on the bacteria Staphylococcus aureus (ATCC 25.923), Enterococcus faecalis (ATCC 19.433), Salmonella enteritidis (ATCC 11.076), and Escherichia coli (ATCC 11.229). All extraction procedures presented selective inactivation and/or inhibition capacity on the evaluated bacteria; however, extracts from ethanolic distillation yielded the best results. Salmonella enteritidis had the highest sensitivity, followed by Enterococus faecalis. Later, such agents were subjected to suspension tests, in the same system, in absence or presence of organic matter (bovine serum), under controlled time. Salmonella enteritidis and Enterococus faecalis sensitivity to the different tested Ilex extracts decreased in the presence of organic matter and increased with exposure time.
Contido em Revista brasileira de plantas medicinais. Botucatu. Vol. 11, n. 1 (2009), p. 49-55
Assunto Atividade antibacteriana
Erva-mate
Planta medicinal
Plantas condimentares
Plantas medicinais
[en] Antibacterial activity
[en] Ilex paraguariensis
[en] Medicinal plants
[en] Yerba mate
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/107589
Arquivos Descrição Formato
000718530.pdf (178.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.