Repositório Digital

A- A A+

Avaliação do glicerol em dietas para gatos adultos

.

Avaliação do glicerol em dietas para gatos adultos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação do glicerol em dietas para gatos adultos
Outro título Assessment of glycerol in diets for adult cats
Autor Machado, Geruza Silveira
Orientador Trevizan, Luciano
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Digestibilidade
Gato
Glicerol
Nutricao animal
Resumo O glicerol apresenta potencial para substituir a porção energética das dietas para gatos. Por serem animais carnívoros são adaptados a dietas com alta gordura, nas quais há a presença de consideráveis concentrações de glicerol. Foram conduzidos três experimentos com o objetivo de avaliar a palatabilidade, o coeficiente de digestibilidade aparente (CDA) dos componentes, da energia bruta (EB), características fecais, volume urinário e curva glicêmica dos gatos adultos alimentados com dietas contendo glicerol (GLY). No experimento 1 foi realizado o teste de palatabilidade que avaliou níveis de 5% e 10% de glicerina bi-destilada de alta pureza (99,5% glicerol) fonte do glicerol,adicionado por cobertura em substituição à dieta. Foram avaliadas a primeira escolha e a relação de consumo (RC) das dietas pelo método de livre escolha com três comparações: GLY0 vs GLY5; GLY0 vs GLY10 e GLY5 vs GLY10. O experimento 2 foi composto pelo teste de digestibilidade e o experimento 3 pela curva glicêmica, em ambos experimentos foram avaliados os níveis de inclusão de 2,5%, 5% e 10% de GLY à dieta. Os resultados do experimento 1 indicaram que os gatos não demonstraram preferência por uma dieta, já que na primeira escolha não foi verificada diferenças significativas) no teste realizado (P>0,05). O consumo das dietas revela que os animais consumiram proporcionalmente mais a dieta sem adição de glicerol em relação às demais. Porém quando comparados os níveis 5 e 10% os gatos preferiram a dieta com maior acréscimo GLY10% (P<0,05). No experimento 2, foi observado que o aumento do GLY na dieta não alterou o consumo de alimento, os CDA dos componentes e da EB (P<0,05). A ED do GLY foi de 2.450kcal/kg e o CDA foi de 0.56. A inclusão do glicerol nas dietas não alterou o conteúdo de água nas fezes, escore fecal e volume de urina dos animais, porém a excreção de glicerol pela urina foi aumentada quando houve incorporação de 10% de glicerol na dieta. No experimento 3, o consumo do alimento elevou a glicemia pós prandial dos animais até 900 minutos após a primeira ingestão de alimento sem diferença entre os tratamentos, mesmo quando as médias foram ajustadas para consumo de alimento (g). A medida da área baixo da curva também não apresentou diferença significativa (P=0,44) nem mesmo quando os resultados foram descontados da área abaixo da curva da glicemia basal (P=0,97). O glicerol, nestas condições do estudo, possui valor nutricional satisfatório para gatos, embora a preferência alimentar tenha sido reduzida com a inclusão do ingrediente na dieta. Mais estudos devem ser realizados, levando em consideração a forma de inclusão do ingrediente na dieta.
Abstract Glycerol has the potential to replace the energy portion of the diets for cats. Because they are carnivorous animals are adapted to diets with high fat, where there is the presence of considerable amounts of glycerol. Three experiments to evaluate the palatability, the apparent digestibility coefficient (ADC) of the components of gross energy (GE), stool characteristics, urine volume and glycemic index of adult cats fed diets containing glycerol (GLY) were conducted. In experiment 1 the palatability test that assessed levels of 5% and 10% double distilled glycerin high purity (99.5% glycerol) source glycerol added coverage by replacing the diet was conducted. The first choice and the consumption ratio (CR) diets by the method of free choice were evaluated with three comparisons: GLY0 vs GLY5; GLY0 vs GLY10 and GLY5 vs GLY10. Experiment 2 was composed of the digestibility test and experiment 3 the glycemic index, in both experiments the inclusion levels of 2.5%, 5% and 10% of the GLY diet were evaluated. The results of Experiment 1 indicate that cats showed no preference for a diet, since the first choice was not observed significant differences) in the test performed (P> 0.05). The consumption of diets shows that proportionally more animals consumed the diet without glycerol in relation to others. But when comparing the levels 5 and 10% preferred the cats fed the highest GLY10% increase (P <0.05). In experiment 2, we observed that the increase in GLY in the diet did not affect feed intake, CDA and Components EB (P <0.05). The ED GLY was 2.450kcal/kg and CDA was 0.56. The inclusion of glycerol in the diets did not affect the water content in the feces and fecal score of animal urine volume, but glycerol excretion in urine was increased when there was incorporated a 10% glycerol in the diet. In experiment 3, the consumption of food increased the postprandial glucose levels up to 900 minutes after the first intake of food with no difference between treatments, even when the means were adjusted for feed intake (g). The measure of area under the curve also showed no significant difference (P = 0.44) even when the results were discounted from the area under the curve of basal glucose levels (P = 0.97). Glycerol, in these conditions of the study, cats own suitable for nutritional value, while feeding preference has been reduced with the inclusion of the ingredient in the diet. More studies should be conducted, taking the form of inclusion of the ingredient in the diet into consideration.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/107636
Arquivos Descrição Formato
000946569.pdf (1.132Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.