Repositório Digital

A- A A+

Aspectos relacionados com aleitamento natural de criancas de zero a nove meses que frequentam um posto de assistencia medica em Porto Alegre

.

Aspectos relacionados com aleitamento natural de criancas de zero a nove meses que frequentam um posto de assistencia medica em Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos relacionados com aleitamento natural de criancas de zero a nove meses que frequentam um posto de assistencia medica em Porto Alegre
Autor Hentschel, Flavia Beatriz Lange
Orientador Bastian, Ernestine Maurer
Data 1979
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Aleitamento materno
Enfermagem em saúde comunitária
Fatores socio-economicos
Postos de saude
Resumo Este trabalho apresenta o estudo de fatores relacionados com a interrupção do aleitamento natural de crianças na idade de zero a nove meses. Propôs-se verificar se existe uma relação significativa entre esta interrupção e fatores tais como: idade da mãe, paridade, causas da interrupção , métodos anticoncepcionais e atividade ocupacional da mãe. A metodologia adotada consistiu na aplicação de um formulário de entrevistas em 500 mães, cujos filhos estivessem enquadrados na faixa etária sob enfoque e que não fossem mais alimentados com leite materno. No que se refere ã idade da mãe, conseguiu - se apurar que as mães da faixa etária entre 20 e 28 anos foram as que mais se evidenciaram em relação ao não aleitamento ou sua interrupção . Verifica-se ainda que as prim1paras (59,0%) são as responsáveis pelo elevado 1ndice do não aleitamento ou de sua interrupção. As três principais causas alegadas pelas mães para justificar o não aleitamento ou sua interrupção foram: "criança recebeu mamadeira e rejeitou leite materno" ( 16,8%), "leite escasso" (16,0%) e "secou o leite" (15,6%). A pílula anticoncepcional é o método mais usado pelas mães (63,4%) e 27,0% não utilizam método algum . A atividade ocupacional fora do lar i mencionada por 20,0% enquanto que 79,8% não se ausentam para trabalhar. Observa-se ainda, principalmente, que são significativas as causas que levam as mães a não amamentarem seus filhos ou a praticarem o desmame precoce.
Abstract This work presents a study of factors re1ated to the weaning of children from birth to nine months o1d. Its purpose was to find a significant re1ationship between the weaning and other factors such as: the mother's age, parity, reasons for the weaning, contraceptive methods and mother's profession. The adopted methodo1ogy consisted of an interview answered by 500 mothers whose chi 1dren were in that age and who were not breastfed anymore. As far as the mother's age is concerned, those ones ranging from 20 to 28 years old were either for the weaning or for not nursing their children at all. It was a1so found that the primiparas (59,0%) were resContraceptive pill is the most common method used by mothers (63,4%). 27,0% do not use any method. 20,2% ment i on the i r professions while 79,8 % do not go out to work.ponsib1e for the high rate of weaning and not nursing mothers. The three main reasons for the mothers not to nurse or to stop breastfeeding were: "the infant was bottlefed and refused mather's milk" (16,8%), "insufficient milk" (16,0 %) and "milk has dried" (15,6%). An important result of this study was constatation of the meaningful of the causes why mothers breastfeed their child ren or wean them at an early date.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/107669
Arquivos Descrição Formato
000116096.pdf (15.90Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.