Repositório Digital

A- A A+

Comunicação de más notícias : percepções da equipe e de familiar de criança oncológica em cuidados paliativos

.

Comunicação de más notícias : percepções da equipe e de familiar de criança oncológica em cuidados paliativos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Comunicação de más notícias : percepções da equipe e de familiar de criança oncológica em cuidados paliativos
Autor Reichert, Andressa Burnett
Orientador Issi, Helena Becker
Data 2007
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Câncer : Criança : Família
Oncologia pediátrica
Resumo Este estudo de natureza qualitativa exploratória descritiva, buscou conhecer as percepções dos profissionais da equipe multidisciplinar e de um familiar de criança oncológica em cuidados paliativos acerca da comunicação de más notícias. A coleta de dados ocorreu entre setembro e outubro de 2007 na Unidade de Oncologia Pediátrica do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Os dados foram coletados através de uma entrevista semi-estruturada realizada com seis sujeitos, sendo cinco profissionais da equipe multidisciplinar da Unidade de Oncologia Pediátrica e um familiar de uma criança que se encontrava internada no período da coleta de dados. Os depoimentos foram analisados atraves da análise de conteúdo proposta por Bardin (2004) gerando categorias e sub-categorias. A compreensão alcançada através da análise dos sentimentos, percepções e vivências da equipe multidisciplinar que lida no seu cotidiano com más notícias em cuidados paliativos de crianças oncológicas mostra a mobilização e as contradições de uma equipe empenhada em acolher de forma humanizada a família em momento de extrema dor como a provável perda de um ente querido. A análise do conteúdo do depoimento do familiar revela que a mãe vive uma crise de vida deflagrada a partir do momento em que recebe a notícia de que a filha entra em cuidados paliativos. A impossibilidade de prolongar a vida de um filho trás sentimentos contraditórios nunca antes vividos e desejados por essa mãe. A ótica da equipe assistencial e do familiar da criança em cuidados paliativos possibilitou conhecer e compreender as dificuldades que esses seres de cuidado vivenciam diante da comunicação de más notícias. O estudo não pretendeu esgotar o tema, cabendo a recomendação de que ele é propício a novos olhares, a partir de novas investigações. O fenômeno de conviver com notícias difíceis de transmitir, entender e enfrentar, desvela uma pluralidade de compreensões que marcam intensamente este cenário do cuidado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/107835
Arquivos Descrição Formato
000642932.pdf (556.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.