Repositório Digital

A- A A+

Prevalência de fatores de risco para doença arterial coronariana em pacientes submetidos a procedimentos cardíacos invasivos em unidade de hemodinâmica

.

Prevalência de fatores de risco para doença arterial coronariana em pacientes submetidos a procedimentos cardíacos invasivos em unidade de hemodinâmica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência de fatores de risco para doença arterial coronariana em pacientes submetidos a procedimentos cardíacos invasivos em unidade de hemodinâmica
Autor Feijó, Maria Karolina Echer Ferreira
Orientador Silva, Eneida Rejane Rabelo da
Data 2007
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Arteriosclerose coronária
Resumo Realizou-se um estudo transversal para estimar a prevalência de fatores de risco para a doença arterial coronariana em pacientes submetidos a procedimentos cardíacos invasivos em unidade de hemodinâmica. Incluiu-se pacientes de ambos os sexos que se submeteram a procedimentos cardíacos invasivos; excluiu-se aqueles com déficit cognitivo ou que se recusaram a participar do estudo. Foram incluídos 302 pacientes, com idade média de 62±11 anos, predominantemente brancos 270 (89%), do sexo masculino 172 (57%) e inativos 231 (76%).O fator de risco mais prevalente foi o sedentarismo 227 (75%), seguido de hipertensão arterial sistêmica 220 (73%), dislipidemia 150 (50,5%), obesidade 87 (29%), diabete mellitus 81 (27%), tabagismo 77 (25,5%), consumo de álcool 67 (22%) e alimentação pobre em frutas e verduras 15 (5%). A média de fator de risco foi de 4±1,3 para cada paciente. A correlação entre o número de fatores de risco para cada paciente e o sexo (feminino) foi significativa (r= -2,2; P=0,03), assim como a inatividade profissional (r= -2,6; P= 0,01). Demonstrou-se com este estudo que o sedentarismo foi o fator de risco mais prevalente. Diante de tais evidências torna-se necessário intensificar a atuação multidisciplinar, através da educação em saúde, utilizando metodologias simples e material adequado, permitindo maior conhecimento da doença e de seus fatores desencadeadores bem como maior adesão. Tais medidas permitem, como já demonstrado, redução dos fatores de risco passíveis de mudança e conseqüentemente redução dessas taxas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/107839
Arquivos Descrição Formato
000647240.pdf (230.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.