Repositório Digital

A- A A+

Percepção de doentes renais crônicos em tratamento conservador e não conservador após sua primeira hemodiálise

.

Percepção de doentes renais crônicos em tratamento conservador e não conservador após sua primeira hemodiálise

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção de doentes renais crônicos em tratamento conservador e não conservador após sua primeira hemodiálise
Autor Alves, Natalia Justin
Orientador Thomé, Elisabeth Gomes da Rocha
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Diálise renal
Insuficiência renal
Resumo O doente que necessita entrar em tratamento hemodialítico vivencia uma repentina mudança no seu cotidiano e na maneira de enfrentar essa nova situação que, muitas vezes, pode acontecer de forma muito avassaladora na sua primeira diálise. Objetivo: conhecer a percepção sobre a primeira sessão de hemodiálise dos doentes renais crônicos submetidos anteriormente a tratamento conservador e daqueles que não realizaram. Método: estudo qualitativo exploratório descritivo, com oito doentes de 18 a 75 anos, divididos em dois grupos de quatro: um do ambulatório de tratamento conservador e, o segundo, que não participou de tal acompanhamento. Os dados foram coletados por e ntrevistas semiestruturadas. O projeto obteve aprovação na Comissão de Pesquisa da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (COMPESQ – EEUFRGS) e no Comitê de Ética e Pesquisa do HCPA. Resultados: Duas categorias, cada uma com três subcategorias: 1. Sentimentos na primeira diálise, com as subcategorias: ansiedade; culpa/raiva e alívio. 2. Mudanças nos hábitos de vida, com as subcategorias: adaptação; isolamento e dependência. A percepção dos doentes renais sobre a sua primeira hemodiálise pode ocorrer de diversas formas, expressando desde sentimentos de ansiedade ao alívio. O processo foi difícil para os dois grupos, mas o preparo pré-diálise oferecido pelo tratamento conservador, pode ser um grande aliado no sentido de promover um início menos traumático da hemodiálise. Conclusão: medidas educativas tomadas pela equipe de saúde parecem melhorar o enfrentamento desses doentes renais na primeira hemodiálise.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/107861
Arquivos Descrição Formato
000947079.pdf (522.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.