Repositório Digital

A- A A+

Análise das conformidades das centrais de material e esterilização dos hospitais de Porto Alegre

.

Análise das conformidades das centrais de material e esterilização dos hospitais de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise das conformidades das centrais de material e esterilização dos hospitais de Porto Alegre
Autor Ávila, Gabriela Marques de
Orientador Hoefel, Heloisa Helena Karnas
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Controle de qualidade
Esterilização
Qualidade da assistência à saúde
Reutilização de equipamento
Resumo Introdução: As agências governamentais são responsáveis por supervisionar se as condições ideais para a esterilização de dispositivos de cuidados para a saúde são seguras para profissionais e pacientes. Objetivo: Comparar as conformidades identificadas na Centrais de Esterilização (CMEs) de artigos para saúde em inspeções subsequentes da Coordenadoria Geral de Vigilância Sanitária (CGVS) dos hospitais de uma cidade do sul do Brasil. Identificar as conformidades nas CMEs segundo as categorias do roteiro de inspeção da CGVS. Verificar as categorias que passaram de não conformes a conformes após as vistorias da CGVS. Verificar os itens conformes que passaram a não conformes em vistorias subsequentes. Métodos: Estudo quase experimental,com análise do banco de dados secundários por formulários preenchidos durante as visitas de inspeção da CGVS de 2011-2013. Critérios de inclusão: ter sido vistoriado pela CGVS tendo ficha de registro com data. Critérios de exclusão: registros incompreensíveis. Resultados: as vistorias foram realizadas em 23 instituições com centrais de esterilização, com media de duas visitas cada uma. As vistorias repetidas identificavam alterações. Foram analisados 1.381 registros: 1072 (78%) conformidades, 309 (22%) não conformidades, tendo ocorrido 217 alterações após a primeira visita com a 173 (78%) de melhoras e 48 (20%) pioras. Realizados testes de homogeneidade de proporções baseados no qui quadrado e no teste de Fisher. Houve influência significativa(p<0,005) pelo teste do qui quadrado das vistorias da VISA. Os registros estratificados em 4 grandes áreas foram as seguintes: 339 (25%) na Esterilização e preparo de dispositivos de cuidados de saúde, 281 (20%) da Área física , armazenamento e distribuição, 432 ( 31%) Condições organizacionais, 329 (24%), a área suja e armazenamento de limpeza local. As vistorias influenciaram significativamente todos os estratos (p<0,005), sendo que as melhoras foram mais frequentes. Conclusão: conformidades superam os descumprimentos das recomendações e as vistorias influenciam as alterações.Sugere-se a continuidade do estudo reformulando os roteiros de inspeção estabelecendo valores para os diferentes critérios das categorias.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/107862
Arquivos Descrição Formato
000947067.pdf (2.392Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.