Repositório Digital

A- A A+

Normatizações produtoras da avaliação diagnóstica e as apropriações dadas por professoras alfabetizadoras

.

Normatizações produtoras da avaliação diagnóstica e as apropriações dadas por professoras alfabetizadoras

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Normatizações produtoras da avaliação diagnóstica e as apropriações dadas por professoras alfabetizadoras
Autor Garrighan, Deise
Orientador Mello, Darlize Teixeira de
Data 2013
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Especialização Alfabetização e Letramento nos Anos Iniciais da Escolarização.
Assunto Avaliação
Diagnóstico
Discurso
Guaíba (RS)
Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa.
Professor
[en] Assessing practices
[en] Diagnostic assessment
[en] Discourses
Resumo A pesquisa tem por objeto o estudo do discurso de um grupo de professoras alfabetizadoras da Rede Municipal de Ensino de Guaíba, sobre o uso do ditado das quatro palavras e uma frase como avaliação diagnóstica no Ciclo de Alfabetização e das sugestões de acompanhamento avaliativo, pelo Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) na aquisição do sistema de escrita alfabética. Para desenvolver a pesquisa foram realizadas entrevistas semiestruturadas com quatro professores, do 1º ao 3º ano, de uma Escola de Ensino Fundamental de Guaíba e com a coordenadora pedagógica da SME/Guaíba. Foram criadas duas categorias de análise: o discurso das políticas avaliativas e o discurso sobre a teoria e a prática. O estudo mostrou a força da teoria da psicogênese enquanto prática de avaliação diagnóstica e a instituição de outras possibilidades discursivas, expostas pelo PNAIC. Percebo que ao invés de discursos simplesmente circulando nos dizeres das professoras sobre a avaliação diagnóstica há a configuração de polêmicas e disputas permeadas por convicções pedagógicas oficializadas. Movimentos discursivos que não se dão de maneira linear, mas de enfoques que se esboçam e se explicitam a partir do que é e do que tem sido privilegiado em termos de práticas avaliativas diagnósticas na escola.
Abstract This work aims to study the discourse of a group of female literacy teachers in municipal schools at Guaiba about the use of a four-word and one-sentence dictation as diagnostic assessment in the Ciclo de Alfabetização and about the assessing accompaniment both by Programa Nacional de Alfabetização na Idade Certa (PNAIC) when learning the written language. To develop the research semi-structured interviews were conducted with four first-to-third-grade teachers in a primary school at Guaiba and with SME pedagogy coordinator. The study aims to investigate the relation between teachers and the so-called ‘assessing’ proposals and how these assessing tools have helped to think about students’ learning. Data were analysed in two categories: the assessing policy discourse and the discourse of theory and practice. The study has shown the strength of the psychogenic theory as a diagnostic assessment and the establishment of other discursive possibilities as seen in the PNAIC. In my view point, there are controversies and challenges crossed by mainstream pedagogical convictions, rather than discourse simply circling in teacher statements about the diagnostic assessment. There are discursive movements that are not linear but including focuses that shape and show themselves with what has been favoured in terms of diagnostic assessment in school.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/107947
Arquivos Descrição Formato
000945428.pdf (749.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.