Repositório Digital

A- A A+

Jardins botânicos como espaços de descoberta : o trabalho de campo no ensino de geografia

.

Jardins botânicos como espaços de descoberta : o trabalho de campo no ensino de geografia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Jardins botânicos como espaços de descoberta : o trabalho de campo no ensino de geografia
Autor Batista, Bruno Nunes
Castrogiovanni, Antônio Carlos
Resumo possível construir conhecimento em jardins botânicos, através da Geografia, ou não? Um jardim botânico é elemento do espaço geográfico, de modo que se apresenta como um conjunto solidário, contraditório e inseparável de objetos e ações. A compreensão do todo depende das partes, e estas da totalidade. Ciente de tal postulado, o artigo apresenta um conjunto de atividades pedagógicas, elaboradas com o amparo das teorias do Ensino de Geografia e da Pedagogia Social Crítica, mediadas pela Epistemologia Genética. O artigo aponta a necessidade da construção, na escola, de um pensamento reflexivo, voltado à cidadania, compreendendo os alunos enquanto sujeitos históricos no processo de mudança da sociedade. O trabalho de campo é uma aproximação com a realidade, demonstrando que tudo está ligado a tudo, e é através do que o aluno tem de disponível que o ensino e a aprendizagem têm significado e maior possibilidade de serem construídos com efetividade. Nesse sentido, o trabalho de campo se posiciona enquanto elemento de desafio sobre os sujeitos, pressionando-os a agir no espaço geográfico de maneira competente.
Abstract Fieldwork represents a vital instrument for understanding our world through direct experience, for gathering data about it, and as a fundamental method for fomenting geographical education. The investigation of the relationship between Geography teaching and public spaces by fieldworks is the issue of this article. Fieldworks allow an approach to reality showing that everything is connected to everything. Moreover, constructing knowledge in botanical garden through Geography is possible or not? From that, we propose a set of pedagogical activities supported by Geography teaching theories and Critical Pedagogy related to the Genetic Epistemology. This article indicates the necessity of constructing a reflexive thought in the school oriented to citizenship considering students as subject in changing society processes. Fieldwork allow an approach to reality showing that everything is connected to everything. Exploring student previous knowledge is the major source of meaningful teaching and learning possibilities.
Contido em Educação por escrito. Porto Alegre. Vol. 2, n. 2 (jul./dez. 2014), p. 315-332
Assunto Educação ao ar livre
Ensino de Geografia
Geografia
Jardins botânicos
Trabalho de campo
[en] Botanic garden
[en] Geography teaching
[en] Outdoor learning
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/108059
Arquivos Descrição Formato
000947793.pdf (440.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.