Repositório Digital

A- A A+

Evidências de validade e fidedignidade do instrumento de avaliação neuropsicológica breve neupsilin

.

Evidências de validade e fidedignidade do instrumento de avaliação neuropsicológica breve neupsilin

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Evidências de validade e fidedignidade do instrumento de avaliação neuropsicológica breve neupsilin
Outro título Validity and reliability evidences of NEUPSILIN Brief neuropsychological assessment instrument
Autor Pawlowski, Josiane
Orientador Bandeira, Denise Ruschel
Co-orientador Parente, Maria Alice de Mattos Pimenta
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Psicologia. Curso de Pós-Graduação em Psicologia do Desenvolvimento.
Assunto Avaliacao neuropsicologica
Neuropsicologia
Precisão do teste
Psicologia : Testes e medidas
Psicometria
Validade do teste
[en] Neuropsychological assessment
[en] Neuropsychology
[en] Psychometry
[en] Reliability
[en] Validity
Resumo A Neuropsicologia estuda a expressão comportamental das disfunções cerebrais, cuja avaliação requer instrumentos válidos, precisos e com dados normativos de grupos clínicos e não-clínicos. Contudo, essa área carece de instrumentos com tais propriedades psicométricas no Brasil. Por essa razão, foi elaborado o Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve NEUPSILIN, com o objetivo de fornecer um perfil neuropsicológico breve através da avaliação de áreas de competência e déficits nas funções cognitivas: orientação têmporo-espacial, atenção, percepção, memória, habilidades aritméticas, linguagem, praxias, resolução de problemas e fluência verbal. Após a constatação da validade do conteúdo do teste, esse estudo investigou novas evidências de validade e fidedignidade do NEUPSILIN. Participaram 102 indivíduos saudáveis, do sexo feminino e masculino, com idades entre 18 a 40 anos, e selecionados conforme os grupos de escolaridade: 2 a 4 anos, 5 a 8 anos e 9 ou mais anos de estudo formal. Desses participantes, 30 foram retestados após um intervalo médio de 4 meses. Foram aplicados, na primeira etapa de avaliação, um questionário de dados demográficos, culturais e de condições de saúde, o Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve NEUPSILIN, o Teste das Matrizes Progressivas de Raven – Escala Geral e o Inventário Beck de Depressão (BDI). No reteste, os participantes responderam ao NEUPSILIN e ao BDI. Os dados foram submetidos à: análise de variância, teste correlação de Pearson, teste t de medidas repetidas e análise de concordância entre três avaliadores. Os resultados indicaram a significância da escolaridade em 19 tarefas do NEUPSILIN, sendo encontrada diferença significativa entre os três grupos de escolaridade nas tarefas: Ordenamento Ascendente de Dígitos, Processamento de Inferências e Fluência Verbal. Memória, Linguagem e Praxias apresentaram as correlações mais altas com o Raven. O NEUPSILIN correlacionou-se moderadamente com os hábitos de leitura e escrita. Foi evidenciada dificuldade na resolução do primeiro item da tarefa Percepção de Faces, mesmo pelos participantes de alta escolaridade. Nas análises teste-reteste, Linguagem, Praxias, Fluência Verbal, Percepção e Memória apresentaram as correlações mais altas. A concordância entre juízes na tarefa Praxia Construtiva variou de 0,61 a 0,92. Os resultados indicaram evidências de validade a partir da diferenciação nos escores devido à escolaridade, da correlação entre NEUPSILIN e Raven (validade convergente) e entre NEUPSILIN e hábitos de leitura e escrita (validade concorrente). Também indicaram fidedignidade teste-reteste e concordância entre juízes. Foram sugeridas adequações nas tarefas Percepção de Faces, Repetição de Seqüência de Dígitos (Atenção) e Resolução de Problemas.
Abstract Neuropsychology studies the behavioral expression of brain dysfunctions which must be evaluated through valid and reliable instruments. These tests also must have normative data of clinical groups. However, there is a lack of neuropsychological instruments with those psychometric properties in Brazil. For that reason, the NEUPSILIN Brief Neuropsychological Assessment Instrument (Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve NEUPSILIN) was developed to assess the cognitive functions: temporal and spatial orientation, attention, perception, memory, calculations, language, praxis, problems solving and executive function of verbal fluency, assessed by thirty two tasks. After the content validity of the test has been demonstrated, the present study was elaborated to provide new evidences of validity and reliability of NEUPSILIN. Hundred two healthy men and women, from 18 to 40 years of age, were selected according to the years of formal study groups: 2 to 4, 5 to 8, and 9 or more. Thirty participants were evaluated again after 4 months on average. They answered a questionnaire of demographic, cultural and health conditions data, the NEUPSILIN, the Raven’s Progressive Matrices Test and the Beck’s Depression Inventory (BDI) in the first time. In the second time (retest), the participants answered to NEUPSILIN and BDI. The data were submitted to analysis of variance, Pearson’s correlation, paired t test and inter-rater agreement. The results indicated that the education was significant in 19 tasks of NEUPSILIN. There was significant difference among the three groups in the tasks: Digit ordering, Processing of inferences and Verbal fluency. Memory, Language and Praxis presented the strongest correlations with Raven. NEUPSILIN presented moderate correlation with the reading and writing practice. The resolution of first item of Perception of faces task was difficult even for the participants of higher education. Language, Praxis, Verbal fluency, Perception and Memory presented the strongest correlations in the test-retest analyses. The inter-rater agreement in the task Constructive praxis varied from 0.61 to 0.92. The results indicated validity and reliability evidences by: (1) differentiation in the scores due to the education; (2) correlation between NEUPSILIN and Raven (convergent validity) and between NEUPSILIN and reading and writing practice (concurrent validity); (3) test-retest reliability and inter-rater agreement. Some adaptations were suggested in the tasks Perception of faces, Repetition of Sequence of Digits (Attention) and Problems Solving.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10811
Arquivos Descrição Formato
000602149.pdf (401.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.