Repositório Digital

A- A A+

Atividade antibacteriana in vitro de pimentas e pimentões (Capsicum sp.) sobre quatro bactérias toxinfectivas alimentares

.

Atividade antibacteriana in vitro de pimentas e pimentões (Capsicum sp.) sobre quatro bactérias toxinfectivas alimentares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Atividade antibacteriana in vitro de pimentas e pimentões (Capsicum sp.) sobre quatro bactérias toxinfectivas alimentares
Outro título In vitro antibacterial activity of hot and sweet peppers (Capsicum sp.) on four food toxinfective bacteria
Autor Carvalho, Heloisa Helena Chaves
Wiest, Jose Maria
Cruz, Fabiana Thomé da
Resumo Determinou-se in vitro a Intensidade de Atividade de Inibição Bacteriana (IINIB) e a Intensidade de Atividade de Inativação Bacteriana (IINAB), através de Testes de Diluição em Sistema de Tubos Múltiplos, de extratos de oito pimentas do gênero Capsicum, etnograficamente acessadas na região metropolitana de Porto Alegre/RS/BR, frente a inóculos bacterianos padronizados (American Type Culture Collection - ATCC), respectivamente Staphylococcus aureus (25923), Enterococcus faecalis (19433), Salmonella enteritidis (13076) e Escherichia coli (11229), em doses-desafio = 107 UFC mL-1. Quatro destas plantas, pimenta calabresa (“pool” Capsicum sp), pimenta-de-jardim (C.annuum), pimenta dedo-de-moça (C. baccatum) e pimenta malagueta (C. frutescens), apresentaram atividades de inibição e inativação seletivas, em ordem decrescente, para salmonela, coliforme fecal, enterococo e estafilococo. As demais, pimenta cambuci (C. baccatum) e os pimentões (C. annuum) amarelo, verde e vermelho, apresentaram nenhuma atividade. Discute-se a validade da ferramenta etnográfica na prospecção de fatores de proteção anti-bacteriana em plantas, bem como a influência da inibição/inativação na preditividade do diagnóstico bacteriológico.
Abstract The intensity of bacterial inhibition activity (IINIB) and the intensity of bacterial inactivation activity (IINAB) of extracts of eight peppers of the genus Capsicum, ethnographically located in the metropolitan region of Porto Alegre, Rio Grande do Sul State, Brazil, were assessed in vitro through Dilution Tests in Multiple Tube Series against standardized bacterial inocula (American Type Culture Collection - ATCC), Staphylococcus aureus (25923), Enterococcus faecalis (19433), Salmonella enteritidis (13076), and Escherichia coli (11229), respectively, at challenge doses = 107 CFU mL-1. Four of these species, cayenne pepper (Capsicum sp pool), garden pepper (C. annuum), ají pepper (C. baccatum), and malagueta pepper (C. frutescens), had selective inhibition and inactivation activities, in decreasing order, to salmonella, fecal coliforms, enterococcus and staphylococcus. The remaining ones, cambuci pepper (C. baccatum) and yellow, green and red sweet peppers (C. annuum) had no activity. The validity of the ethnographic tool in the exploration of antibacterial protection factors from plants, as well as the influence of inhibition/inactivation in the bacteriological diagnosis predictability, is discussed.
Contido em Revista brasileira de plantas medicinais. Botucatu. Vol. 12, n. 1 (jan./mar. 2010), p. 8-12.
Assunto Atividade antibacteriana
Pimenta
Pimentão
[en] Antibacterial activity
[en] Bacterial inactivation
[en] Bacterial inhibition
[en] Capsicum sp.
[en] Hot and sweet peppers
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/108127
Arquivos Descrição Formato
000757125.pdf (53.32Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.