Repositório Digital

A- A A+

Parasitas pulmonares em felinos domésticos: revisão bibliográfica

.

Parasitas pulmonares em felinos domésticos: revisão bibliográfica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Parasitas pulmonares em felinos domésticos: revisão bibliográfica
Autor Elesbão, Bárbara Schwarzbach
Orientador Costa, Fernanda Vieira Amorim da
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Aelurostrongilose
Capilariose pulmonar
Gatos
Paragonimíase
Verminose pulmonar
[en] Aelurostrongylosis
[en] Cats
[en] Lung worms
[en] Paragonimiasis
[en] Pulmonary capillariosis
Resumo As verminoses pulmonares são doenças respiratórias pouco diagnosticadas na rotina da clínica de felinos domésticos. São causadas por helmintos que parasitam o trato respiratório e vivem dentro do epitélio da traquéia, brônquios, bronquíolos e parênquima pulmonar. Dentre as verminoses pulmonares que ocorrem nos felinos à única que é exclusiva desta espécie é a aelurostrongilose causada pelo nematódeo Aelurostrongylus abstrusus. As outras duas verminoses que acometem os gatos também acometem os cães e são a paragonimíase, causada pelo Paragonimus spp. e a capilariose, causada pela Capillaria aerophila. O gato assim como outros hospedeiros definitivos se infecta ao ingerir os hospedeiros intermediários ou paratênicos contendo as formas infectantes desses helmintos. Quando infectado o gato pode desenvolver bronquite e traqueíte e uma sintomatologia que cursa com tosse, espirro, dispneia, produção de muco e febre quando ocorre infecção bacteriana secundária. Nos casos de paragonimíase pode ocorrer expectoração sanguinolenta e hemoptise. Para diagnóstico das parasitoses pulmonares podem ser realizadas radiografias torácicas, mas o exame de escolha é o parasitológico de fezes, realizado através da técnica de sedimentação de Bearmann para as larvas de A.abstrusus e ovos de P. westermani. Para diagnóstico de C. aerophila é indicada a técnica de flutuação dos ovos. Através do lavado trans traqueal, e bronquial, também é possível obter larvas e ovos. O tratamento das parasitoses respiratórias envolve a eliminação do agente e redução da reação inflamatória com o uso de anti-helmínticos como Fenbendazol, Praziquantel ou Ivermectina e corticoides. As dosagens e o tempo de tratamento variam de acordo com o grau de infecção, inflamação e a espécie do parasita envolvido. O prognóstico costuma ser bom ou excelente, desde que não ocorram complicações decorrentes do parasitismo, como infecções bacterianas secundárias, e pneumotórax. Através desta revisão de literatura abordando os três vermes pulmonares primários dos gatos, se objetiva alertar os clínicos sobre a importância da realização de um diagnóstico correto para a escolha do melhor tratamento e consequentemente redução do risco de complicações futuras.
Abstract Pulmonary verminoses are respiratory diseases underdiagnosed in the feline veterinary practice. They are caused by helminths that infect the respiratory tract and live within the epithelium of the trachea, bronchi, bronchioles and pulmonary parenchyma. Among the lung verminoses that occur in cats the one that is exclusive to this species is the aelurostrongylosis, caused by the nematode Aelurostrongylus abstrusus. The two other verminoses that affect cats and can also affect dogs are paragonimiasis, caused by the Paragonimus westermani and capillariosis, caused by the Capillaria aerophila. The cat, as well as other definitive hosts, becomes infected by ingesting the intermediate or paratenic host with the infective larvae. When infected the cat can develop bronchitis and tracheitis and symptoms as coughing, sneezing, dyspnea, sputum production, and fever when secondary bacterial infection occurs. In cases of paragonimiasis can occur bloddy expectoration and hemoptysis. For the diagnosis of pulmonary parasites thoracic radiographs can be performed, but the best choice is the parasitological feces exam, accomplished by the Bearmann sedimentation technique for larvae of A. abstrusus and eggs of P. westermani. For diagnosis of C. aerophila, the technique of eggs flotation is indicated. Through trans-tracheal and bronchial wash it is also possible to obtain eggs and larvae. The treatment of respiratory parasitosis involves elimination of the agent and reduction of the inflammatory reaction as Fenbendazole, Praziquantel,or Ivermectin and corticosteroids. Dosages and length of treatment vary according to the degree of infection, inflammation and the species of parasite involved. The prognosis is usually good or excellent, provided that there are no complications due to parasitism, such as secondary bacterial infections, and pneumothorax. Through this review, we present the three primary cat lungworms and aim to alert clinicians about the importance of achieving a correct diagnosis for choosing the best treatment and consequently reduce the risk of future complications.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/108154
Arquivos Descrição Formato
000946654.pdf (240.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.