Repositório Digital

A- A A+

HSP-1 e HSP-2 no plasma seminal equino: efeitos da sazonalidade na concentração e relação com a fertilidade de garanhões

.

HSP-1 e HSP-2 no plasma seminal equino: efeitos da sazonalidade na concentração e relação com a fertilidade de garanhões

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título HSP-1 e HSP-2 no plasma seminal equino: efeitos da sazonalidade na concentração e relação com a fertilidade de garanhões
Autor Garcia, Luisa Almeida Deragon
Orientador Jobim, Maria Inês Mascarenhas
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Programa de Pós-Graduação em Medicina Animal: Equinos.
Assunto Clinica veterinaria : Equinos
Fertilidade animal : Equinos
Plasma seminal
Reproducao animal : Equinos
[en] Breeding season
[en] Seminal plasma
[en] Stallion
[en] UHPLC
Resumo Proteínas presentes no plasma seminal (PS) vêm sendo estudadas em relação a níveis reprodutivos de fertilidade ou infertilidade, em várias espécies de mamíferos, particularmente em animais domésticos. As proteínas do plasma seminal equino 1 (HSP-1) e 2 (HSP-2) são as proteínas mais abundantes nesta espécie. O objetivo deste estudo foi investigar a concentração das proteínas HSP-1/2 presentes no plasma seminal bem como o conteúdo de proteína total, em garanhões adultos durante a estação reprodutiva e fora dela, para determinar se essas concentrações estão relacionadas com a fertilidade. O PS foi obtido a partir de 42 ejaculados de 11 garanhões adultos (3-25 anos). Os animais foram alocados em dois grupos (alta e baixa fertilidade) de acordo com as taxas de prenhez de éguas e dos dados de viabilidade do sêmen avaliados no primeiro dia de coleta. As concentrações das HSP-1/2 (mg/mL) foram medidas e analisadas por um sistema de Cromatografia Líquida de Ultra Eficiência utilizando uma coluna UHPLC. Houve diferença significativa (P<0,05) na concentração de proteínas totais e das proteínas HSP-1/2 (mg/mL, média ± DP) entre os ejaculados de animais de alta e baixa fertilidade. Não houve diferença na concentração das HSP-1/2 no primeiro e segundo ejaculados de garanhões de alta fertilidade, tanto dentro ou fora da estação reprodutiva. O PS de animais classificados no grupo de baixa fertilidade apresentou diferença significativa (P<0,05) na concentração das HSP-1/2 entre o primeiro e segundo ejaculado, tanto no período da estação reprodutiva quanto fora dele. Em conclusão, a concentração das principais proteínas do plasma seminal em garanhões, as HSP-1/2, foi maior em ejaculados de garanhões de baixa fertilidade, o que não parece ser influenciado pelo período de coleta, podendo assim, ser indicada como biomarcador da baixa fertilidade em garanhões.
Abstract Seminal plasma (SP) proteins have been assessed in relation to reproductive fertility levels or infertility, in several species of mammals, particularly domestic animals. Horse seminal plasma proteins 1 (HSP-1) and 2 (HSP-2) are the most abundant proteins in equine seminal plasma. The aim of this study was to investigate in adult stallions the concentrations of seminal plasma HSP-1/2 and total protein in the breeding season and non-breeding season and to determine if these concentrations were related with fertility. SP was obtained from 42 ejaculates of 11 adult stallions (3-25 yrs). Stallions were allocated into two groups (good and poor fertility) according to pregnancy rates of mares, and to their semen viability data in the first collection day. Seminal plasma HSP- 1/2 concentrations (mg/mL) were measured and analyzed by an Ultra High Performance Liquid Chromatography using a UHPLC column. There were significant differences (P<0.05) in total protein and HSP-1/2 concentration (mg/mL, mean ± SD) in the ejaculates from good and poor fertility stallions. The HSP-1/2 concentration did not show differences in the first and second ejaculates of good fertility stallions in both the non-breeding and breeding season. SP of stallions classified as poor fertility showed significant difference (P<0.05) in HSP-1/2 concentration between the first and second ejaculate in both the non-breeding and breeding season. In conclusion, the concentration of the major proteins of stallion seminal plasma HSP-1/2 was higher in ejaculates from stallions with poor fertility, is not influenced by the season and could serve as biomarker for poor fertility in stallions.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/108170
Arquivos Descrição Formato
000947902.pdf (2.449Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.