Repositório Digital

A- A A+

Articulação semântico-cognitiva por meio de papéis semânticos

.

Articulação semântico-cognitiva por meio de papéis semânticos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Articulação semântico-cognitiva por meio de papéis semânticos
Autor Mello, Aline
Orientador Oliveira, Avani Terezinha Campos de
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise lingüística
Analise semantica
Gramatica de casos
Língua inglesa
Língua portuguesa
Semântica
Verbos
[en] Cognitive-semantics
[en] Portuguese and English language
[en] Verbs
Resumo Articulação Semântico-Cognitiva por Meio de Papéis Semânticos realiza a comparação de enunciados retirados do meio jornalístico nas línguas portuguesa e inglesa, analisados com base nas teorias propostas pela gramática de casos e semântica cognitiva. A partir das idéias de background e foreground propostas por Fillmore, é possível a interpretação de tais enunciados como eventos. Pretende-se, aqui, categorizar os predicadores, verificar seus possíveis efeitos de sentido dentro do contexto em estudo, determinar as relações temáticas que envolvem os núcleos preposicionais, analisar e dimensionar os dados qualitativamente. A análise procedeu-se tendo como corpus editorial da revista National Geographic, nas versões em língua portuguesa e inglesa, donde se concluiu que o ambiente enunciativo tanto na fala quanto na escrita sofre alterações, mas, apesar de flutuações sintáticas (como indicações de tempo e gênero), o campo semântico mantém-se inalterado, ou seja, estável e produtivo.
Abstract Cognitive -Semantic Articulation by Semantic roles compares sentences from publications in Portuguese and English Languages, analyzing them through the theories proposed by The Case Grammar and Cognitive Semantics. The concepts of background and foreground presented by Fillmore allow an interpretation of such sentences as events. The intention is to categorize the verbs, verify their possible effects within the analyzed context, determine the thematic relations involved in the prepositional nucleons and qualitatively analyze the data. The analyses had the Portuguese and English versions of a National Geographic editorial as a corpus, from which we concluded that although the discourse environment can differ, the semantic field remains unaltered.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10820
Arquivos Descrição Formato
000601334.pdf (545.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.