Repositório Digital

A- A A+

Aos cuidados de Príapo : impotência sexual masculina, medicalização e tecnologia do corpo na medicina do Brasil

.

Aos cuidados de Príapo : impotência sexual masculina, medicalização e tecnologia do corpo na medicina do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aos cuidados de Príapo : impotência sexual masculina, medicalização e tecnologia do corpo na medicina do Brasil
Autor Malcher, Leonardo Fabiano Sousa
Orientador Knauth, Daniela Riva
Data 2007
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social.
Assunto Antropologia da saúde
Antropologia do corpo
Brasil
Impotência sexual
Saúde reprodutiva
Sexualidade masculina
Resumo Este estudo tem como objetivo analisar os discursos de médicos brasileiros acerca da sexualidade masculina e, em especial, aqueles a respeito da impotência sexual. Minha abordagem se concentra no início do século XX e principalmente nas décadas de 20 e 30; neste período, uma série de intervenções da medicina, no intuito de solucionar o problema da impotência sexual, surgiram na Europa a partir da virada do século XIX/XX e foram também adotadas no Brasil. Estas, surgiram a partir de técnicas que, tendo como princípio as funções dos hormônios no organismo, buscavam tratar o problema através do rejuvenescimento. No mesmo período, a importância das propostas do médico carioca José de Albuquerque acerca do tema, além de suas idéias de educação sexual, é marcante; juntamente com isto, sua tentativa de criação de uma especialidade, a andrologia que, propondo suplantar os limites da urologia, tentava tomar o seu lugar no domínio do campo da sexualidade masculina. Mesmo que em períodos diferentes do século XX, o surgimento de tais técnicas, em alguns momentos, guarda relações com as propostas divulgadas através do Viagra, a partir de 1998 e que estabeleceram, ambas, padrões e normatizações acerca da sexualidade e em especial da sexualidade masculina. A formação de um campo dentro da medicina, acerca da sexualidade masculina, questões envolvendo gênero e as concepções acerca do corpo masculino potente/impotente são discutidas neste trabalho.
Abstract This work aims analyses Brazilian practitioners’ discourses concerning male sexuality, specially regarding sexual impotence. My approach focuses the early 20th century and mainly the 20’s and 30’s; in this period, several medical interventions, in intention to solve the problem of the sexual impotence appeared and had been adopted in Brazil. Such techniques, based upon the functions of hormones in the organism, intended to treat the problem through the rejuvenation. In the same period, José de Albuquerque, an influential Brazilian practitioner from Rio de Janeiro, proposed many marking ideas about the theme of male sexual impotence. Moreover, he tried create a new medical specialty, the andrology, which, as he stated, would supersede the limits of urology and take its place in male sexuality realms. Even in different periods of 20th century, the sprouting of such techniques at some moments are similar to some proposals published by Viagra, since 1998. Both, established patterns and normatizations about male sexuality. The development of a field inside of the medicine, concerning the masculine sexuality, questions involving gender and a sort of conceptions concerning potent/impotent male body are questions argued in this work.
Résumé Ce travail vise d'analyser le discours de praticiens brésiliens au sujet de la sexualité masculine, particulièrement au sujet de l'impuissance sexuelle. Mon approche focalise le début du 20ème siècle et principalement les années 20 et les années 30 ; dans cette période, plusieurs interventions médicales, concevant pour résoudre l'ennui sexuel d'impuissance ont surgi et ont été suivies au Brésil. De telles techniques, basées sur les fonctions des hormones dans l'organism, traité le problème par le rajeunissement. Dans la même période, José de Albuquerque un praticien brésilien influent au Rio de Janeiro a proposé beaucoup d'idées au sujet du thème de l'impuissance sexuelle masculine. D'ailleurs, il a essayé créent une nouvelle spécialité médicale, l'andrology, qui, comme il a énoncé, remplacerait les limites de l'urologie et prendrait son endroit dans les royaumes masculins de sexualité. Même dans différentes périodes au 20ème siècle, l'éveil de telles techniques quelques moments sont semblable, à quelques moments, l’propositions édités par Viagra, depuis 1998. Tous les deux modèles établis normatizations au sujet de la sexualité masculine. La formation d'un champ à l'intérieur de la médecine, au sujet de la sexualité masculine, les questions impliquant genre et les conceptions au sujet de corps masculin puissant/impuissant sont questions discutées dans ce travail.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/10824
Arquivos Descrição Formato
000599115.pdf (1.994Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.