Repositório Digital

A- A A+

Avaliação na EJA : as concepções dos programas Projovem e Alfabetização Solidária e suas implicações para a qualidade em educação

.

Avaliação na EJA : as concepções dos programas Projovem e Alfabetização Solidária e suas implicações para a qualidade em educação

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação na EJA : as concepções dos programas Projovem e Alfabetização Solidária e suas implicações para a qualidade em educação
Autor Dahm, Daniela Diniz
Orientador Fonseca, Laura Souza
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de especialização em educação de jovens e adultos e educação de privados de liberdade.
Assunto Avaliação da educação
Educação de jovens e adultos
Políticas públicas
Resumo O presente trabalho de pós-graduação, pretende promover uma reflexão acerca do tema Avaliação na EJA. Essa pesquisa é de fonte bibliográfica e busca resgatar o histórico da EJA, principalmente no que se refere a produções acadêmicas e, sobretudo sobre as políticas públicas para esta modalidade de ensino. Este trabalho é a continuação dos estudos sobre a avaliação na EJA, iniciado no trabalho de conclusão de curso da graduação em Pedagogia (2009), onde a reflexão implicou na análise de indicadores de qualidade em educação. Nesta pesquisa a análise é retomada a partir da comparação de duas políticas públicas e suas diferentes formas de enfocar a avaliação. Os programas analisados são o PROJOVEM, que atende ao jovem em suas demandas por profissionalização e o ALFASOL, que enfoca a alfabetização. Mesmo sendo programas de governo, ambos visualizam formas diversas de vislumbrar a avaliação para jovens e adultos. Os aportes teóricos desta análise incluem PAIVA, que faz uma análise dos movimentos históricos das políticas para EJA; CAMARGO, que conceitualiza formas diversas da avaliação. Os programas consideram a avaliação como gestão de resultados, desconsiderando que a EJA é um campo específico, impossível de se medir. A avaliação é um ato e seus indicadores devem partir de análises quantitativas e qualitativas, sem deixar de lado os indicadores sociais. A pesquisa não se esgota em uma mera reflexão, ela é um convite para que novos desdobramentos perfaçam a pesquisa acadêmica, contribuindo para fortalecer as necessidades de políticas públicas mais efetivas para EJA.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/108358
Arquivos Descrição Formato
000948506.pdf (611.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.