Repositório Digital

A- A A+

O impacto da lei 10.639/03 na escola : o caso da educação de jovens e adultos

.

O impacto da lei 10.639/03 na escola : o caso da educação de jovens e adultos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O impacto da lei 10.639/03 na escola : o caso da educação de jovens e adultos
Autor Rocha, Viviane Grigolo Rodrigues
Orientador Fiss, Dóris Maria Luzzardi
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de especialização em educação de jovens e adultos e educação de privados de liberdade.
Assunto Cultura
Educação de jovens e adultos
Escola
Negro
Resumo A Lei 10.639/03, de 9 de Janeiro de 2003, torna obrigatória a inclusão do ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira nos estabelecimentos de Ensino Fundamental e Médio das escolas brasileiras públicas e particulares. Esta foi uma conquista do movimento negro que, há muito tempo, lutava por uma valorização das origens étnicas do povo negro brasileiro. Neste trabalho, procurei identificar se os professores da Educação de Jovens e Adultos estão trabalhando este tema, com que frequência, de que forma e se estas atividades estão causando algum efeito nas atitudes e na maneira de pensar dos educandos. O que me motivou a pesquisar sobre esse assunto foi um fato que aconteceu na ONG onde eu trabalhava como Educadora Social. Percebi, durante pesquisa feita com os educandos sobre a etnia a que eles pertencem, constrangimento entre eles de se assumirem como afro-descendentes. Além desse acontecimento, vivenciei muitos outros, durante a minha trajetória profissional, que também apresentavam sinais de discriminação racial e que eram demonstrados através de agressões verbais e físicas. Cansada de presenciar frequentemente esses acontecimentos sem compreender melhor os seus significados, resolvi trabalhar com meus educandos a história e a cultura afro-brasileira. E foi neste momento que me deparei com a falta de informação que eu tinha sobre este assunto, pois, durante toda a minha formação acadêmica, esse tema pouco foi discutido. Trabalhar este tema é fundamental para combater o racismo, pois este tipo de atitude discriminatória é consequência de uma história mal contada que precisa urgentemente ser recontada, porém, de forma positiva. Foi este o motivo que me despertou o interesse em conversar com alguns professores e educandos sobre este assunto. Quero descobrir se os professores de educandos jovens e adultos estão conseguindo trabalhar este tema, de que forma estão trabalhando e se estas atividades causam alguma mudança significativa de pensamento e atitude nos educandos. Para atingir tal meta, realizei uma pesquisa qualitativa considerando as contribuições de Nilma Lino Gomes, Ana Lúcia Valente, Luiz Alberto Oliveira Gonçalves, Petronilha Beatriz Gonçalves e Silva e Luiz Carlos Paixão da Rocha.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/108360
Arquivos Descrição Formato
000948522.pdf (2.873Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.