Repositório Digital

A- A A+

Sobre as relações com o saber matemático escolar : o caso de alunos jovens e adultos de uma escola municipal de Guaíba/RS

.

Sobre as relações com o saber matemático escolar : o caso de alunos jovens e adultos de uma escola municipal de Guaíba/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Sobre as relações com o saber matemático escolar : o caso de alunos jovens e adultos de uma escola municipal de Guaíba/RS
Autor Foletto, Taline
Orientador Oliveira, Helena Dória Lucas de
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de especialização em educação de jovens e adultos e educação de privados de liberdade.
Assunto Educação de jovens e adultos
Matemática
Resumo Este trabalho, desenvolvido junto a alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da Escola Municipal de Ensino Fundamental Santa Rita de Cássia, da cidade de Guaíba/RS, buscou investigar a natureza da relação estabelecida pelos alunos com os saberes matemáticos que aprendem na escola. Para a coleta de informações, realizei observações participativas em aulas e produzi diários de campo; elaborei um material constituído por seis questões abertas que foram respondidas pelos alunos e, também, solicitei a eles que relatassem, em forma de história, algo que tivesse acontecido com eles durante suas trajetórias escolares envolvendo a matemática. A análise do material empírico foi realizada tendo como referencial teórico os estudos de Bernard Charlot (1996, 2000) sobre a noção da Relação com o Saber. Mediante a identificação e a descrição de elementos que configuram a relação com o saber dos alunos participantes desse meu estudo, caracterizei as três dimensões que estruturam essa relação, quais sejam: a identidária, a epistêmica e a social (Charlot, 2000). Concluo ter encontrado fortes indícios que me levaram a compreender que, nessa escola, a natureza da relação desses alunos com tais saberes se constroe em sua dimensão identidária. Ainda, que as marcas dessa dimensão identidária com o saber estabelecem diferenças nas relações de alunos jovens e alunos adultos com os saberes matemáticos escolares: os alunos jovens parecem configurar uma frágil relação com esses saberes enquanto a relação dos alunos adultos com esses saberes se apresenta mais estruturada.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/108387
Arquivos Descrição Formato
000948524.pdf (250.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.