Repositório Digital

A- A A+

Proliferation of human bone marrow stem cells cultured on alfa-tricalcium phosphate cement and titanium discs

.

Proliferation of human bone marrow stem cells cultured on alfa-tricalcium phosphate cement and titanium discs

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Proliferation of human bone marrow stem cells cultured on alfa-tricalcium phosphate cement and titanium discs
Outro título Proliferação in vitro de células tronco da medula óssea humana sobre discos de cimento de αlfa-trifosfato de cálcio e titânio
Autor Paris, Marcel Fasolo de
Baraldi, Carlos Eduardo Espindola
Viezzer, Christian
Machado, Denise Cantarelli
Oliveira, Marilia Gerhardt de
Abstract Objectives: to evaluate human bone marrow stem cells (HBMSC) cultured on α -tricalcium phosphate cement (α -TCP) and titanium (Ti) discs, as well as the osteoconductive properties of these biomaterials. Methods: discs of α -TCP and commercially pure Ti were manufactured and placed on polyethylene plates. Cells were cultured according to the following: group I – control (no discs); group II – α-TCP discs; group III – Ti discs. Propidium iodide staining was used to assess cell proliferation. Cells cultures were analyzed at 3, 7, 14 and 21 days. Results: Proliferation occurred in both biomaterials. At 3 days, greater cell proliferation was seen in group II than group III (p=0.01). Differences were not significant on the other time periods. Morphologic analysis showed circular morphology in group I, compatible with osteogenic cell lineage. Conclusions: both biomaterials were osteoconductive but not osteoinductive. This did not affect the initial stages of osteogenesis.
Resumo Objetivos: avaliar culturas de células tronco da medula óssea humana (HBMSC) sobre discos de cimento de α -trifosfato de cálcio (α -TCP) e titânio (Ti), bem como a propriedade de osteocondução destes biomateriais. Métodos: discos de α -TCP e Ti comercialmente puro foram confeccionados e colocados em placas de polietileno. As culturas celulares foram distribuídas da seguinte forma: grupo I – controle (sem discos); grupo II – discos de α -TCP; grupo III – discos de Ti. Foi utilizado iodeto de propídio para possibilitar a constatação da proliferação celular. As culturas celulares foram avaliadas em 3, 7, 14 e 21 dias. Resultados: a proliferação das HBMSC ocorreu em ambos os biomateriais. No terceiro dia, uma maior proliferação celular foi constatada no grupo II e-m relação ao grupo III (p=0,01). Nos demais períodos não foram constatadas diferenças significativas. A análise morfológica demonstrou células com morfologia circular no grupo I, compatíveis com linhagem osteogênica. Conclusões: ambos biomateriais mostraram-se osteocondutores, mas não osteoindutores, não interferindo nos estágios iniciais da osteogênese.
Contido em Revista de ciências médicas e biológicas. Salvador. Vol. 13, no. 1 (jan./abr. 2014), p. 7-12
Assunto Células-tronco
Fosfatos de cálcio
Titanio
[en] Calcium phosphates
[en] Stem cells
[en] Titanium
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/108428
Arquivos Descrição Formato
000941430.pdf (1.105Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.