Repositório Digital

A- A A+

Síntese e caracterização de membranas de misturas de quitosana e poli(álcool vinílico) para permeação de gases

.

Síntese e caracterização de membranas de misturas de quitosana e poli(álcool vinílico) para permeação de gases

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Síntese e caracterização de membranas de misturas de quitosana e poli(álcool vinílico) para permeação de gases
Autor Caputo, Vanessa Finkler
Orientador Tessaro, Isabel Cristina
Co-orientador Ambrosi, Alan
Data 2013
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo No presente trabalho foram desenvolvidas membranas poliméricas visando à separação de gases e mais especificamente a separação do dióxido de carbono do metano, etapa importante na purificação de gás natural (GN). A remoção do CO2 da corrente de gás natural bruto é importante, pois ele tem um poder calorífico muito inferior ao do GN, prejudicando a qualidade deste como combustível, além de causar corrosão nas tubulações. Dois polímeros emergentes no campo de separação de gases, o poli(álcool vinílico) (PVA) e a quitosana (QS) foram selecionados e usados em diferentes composições da solução polimérica para estudar a influência que cada polímero apresenta na permeação e seletividade aos gases. Dois agentes reticulantes foram utilizados na preparação das soluções poliméricas com o objetivo de melhorar as propriedades mecânicas e de seletividade dos filmes/membranas preparados. O acetaldeído é bastante utilizado para a reticulação dos dois polímeros e o ácido maleico é um reticulante mais fraco e mais usado para o PVA. Testes de permeabilidade aos gases nitrogênio, dióxido de carbono e metano foram realizados em uma unidade de bancada e a seletividade ideal dos filmes preparados foi determinada a partir dos dados de permeabilidade. As membranas foram caracterizadas também quanto à sua morfologia por análise de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). Para os filmes testados e as condições de experimento utilizadas, os resultados mostraram uma variação da permeância de 0,0073 a 107,89 GPU para o dióxido de carbono, de 0,007 a 87,77 GPU para o metano e de 0,0055 a 54,87 GPU para o nitrogênio. Os melhores resultados foram obtidos para a membrana com composição 9:1 de QS e PVA, respectivamente, e reticulada com acetaldeído numa proporção 1:2 para QS (em massa).
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/108486
Arquivos Descrição Formato
000946356.pdf (1.470Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.