Repositório Digital

A- A A+

Fatores associados à qualidade de vida em saúde de pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana

.

Fatores associados à qualidade de vida em saúde de pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Fatores associados à qualidade de vida em saúde de pacientes infectados pelo vírus da imunodeficiência humana
Autor Razera, Fernanda
Orientador Ferreira, Jair
Data 2007
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas : Epidemiologia.
Assunto HIV
Pacientes
Qualidade de vida
Resumo Introdução: O uso de anti-retrovirais altamente potentes, por retardar a progressão da infecção pelo HIV, tornou a AIDS uma enfermidade crônica. Por isso, cresceu o interesse por desfechos como a qualidade de vida em saúde (QVS) para avaliar os benefícios e malefícios desses tratamentos. Objetivo: avaliar o impacto do uso de anti-retrovirais e de fatores específicos da infecção e sócio-econômicos na QVS de pacientes portadores do HIV. Materiais e métodos: 367 pacientes HIV positivos responderam a questionário baseado no WHOQOL-HIV BREF, questionário sobre QVS. Dados referentes à infecção e ao tratamento foram coletados do prontuário. Resultados: Segundo a análise regressão de Poisson modificada, o uso de anti-retrovirais esteve associado a pior qualidade de vida no domínio nível de independência (p=0,034). Estar desempregado (p<0,05) esteve associado a pior qualidade de vida em cinco dos seis domínios, apenas no domínio espiritualidade/crenças pessoais/ religiosidade estar desempregado não esteve associado com pior QV. Neste mulheres (p=0,042) e pacientes jovens (p=0,020) apresentaram pior qualidade de vida. Discussão e conclusão: apesar dos efeitos adversos e das dificuldades impostas pelo uso de anti-retrovirais, fatores sócio-econômicos apresentaram maior importância na determinação da QVS dos pacientes HIV positivos avaliados.
Abstract Introduction: The use of Highly Active Antiretrovirals Therapy (HAART), retarding the advance of HIV infection, has transformed AIDS into a chronic disease. Interest has therefore grown in outcomes such as Health Related Quality of Life (HRQL), to assess the benefits and evils of these treatments. Objective: to assess the impact of antiretroviral use and of specific infection and socioeconomic factors on HRQL in HIV patients. Materials and methods: 367 HIV-positive patients answered a quetionnaire based on the WHOQOL-HIV BREF. Information on infection and treatment was collected from the patients’ records. Results: According to multivariable analysis, the use of antiretrovirals was associated with a worse quality of life in the level of independence domain (p=0,034). Being unemployed was associated with worse quality of life in the overall score (p<0,05) and in all domains except the domain of spiritual/religious/personal beliefs, in which women and young patients had the worst quality of life. Discussion and conclusion: despite the adverse effects and difficulties caused by antiretroviral use, socioeconomic factors were more important to determine the HRQL of the HIV-positive patients assessed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10852
Arquivos Descrição Formato
000602211.pdf (350.4Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.