Repositório Digital

A- A A+

Representações sociais da física

.

Representações sociais da física

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Representações sociais da física
Autor Prass, Alberto Ricardo
Orientador Moreira, Marco Antonio
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física.
Assunto Aprendizagem significativa
Ensino de fisica
Representações sociais
Teorias de aprendizagem
[en] Meaningful learning
[en] Social representations
[en] Teaching physics
Resumo Nesta dissertação de mestrado, procurou-se identificar as possíveis representações sociais da Física entre pessoas (N = 9.617) de diferentes grupos sociais. A importância dessas representações sociais decorre de que o processo educacional não ocorre em um vazio, mas sim em um ambiente onde os aprendizes possuem percepções e representações que podem influenciar a aprendizagem, pois como qualquer atividade humana, são perpassadas pelas representações sociais (Jodelet, 1984). O social interfere de diversos modos, dependendo do contexto concreto em que se situam os indivíduos e grupos, da bagagem cultural que regula os padrões de percepção e dos códigos e valores compartilhados socialmente. Da teoria da aprendizagem significativa (Ausubel, 2003), sabemos que o aluno deve mostrar uma predisposição para a aprendizagem significativa e, além disso, é possível que o significado psicológico, atribuído ao significado lógico de um conteúdo, esteja vinculado às crenças e ideologias compartilhadas pelo grupo social do aprendiz, pois mesmo que esse significado psicológico seja um fenômeno idiossincrático, existe a possibilidade de significados sociais ou partilhados. Na primeira etapa da pesquisa foi implementado um teste de associação livre de palavras, seguido de uma análise prototípica dos termos evocados, chegando-se a um mapa dos prováveis constituintes do núcleo central e elementos periféricos da representação. Nessa etapa procurou-se identificar os termos mais importantes, sem levar em conta os grupos sociais. Na segunda etapa, foi implementado um teste do tipo “obtenção de dados de preferência por ordenação direta”, utilizando termos salientes da primeira etapa. O processamento dos dados foi feito usando um algoritmo de escalonamento multidimensional, que gerou mapas perceptuais globais e estratificados por grupos sociais. A estratificação levou em conta o tipo de contato que os grupos tiveram com a Física como disciplina escolar ou acadêmica. No caso dos estudantes de nível superior, selecionaram-se os cursos com um número de respondentes maior que o número de termos da pesquisa. A confrontação dos mapas perceptuais mostrou configurações distintas, mas com tendências que sugerem a existência de representações sociais ou coletivas sobre a Física.
Abstract In this Masters' dissertation, we tried to identify possible social representations of physics among people from different social groups (N = 9,617).The importance of these social representations stems from the fact that the educational process is not isolated, but it occurs in an environment where the learners' perceptions and representations can influence learning, because like any human activity, it is pervaded by social representations (Jodelet, 1984 ).Social relations interfere in various ways, depending on the specific context in which individuals and groups are situated, the cultural baggage that regulates perception standards, and socially shared values and codes. From the theory of meaningful learning (Ausubel, 2003), we know that the student must show a positive attitude in order to achieve a meaningful learning and, moreover, it is possible that the psychological meaning attributed to the logical meaning of a subject is linked to the beliefs and ideologies shared by the social group of the learner. Even if that psychological meaning is an idiosyncratic phenomenon, the possibility of social or shared meanings still exists. In the first stage of the research, we conducted a free word-association test, followed by a prototypical analysis of evoked terms, coming to a map of the likely constituents of the central core and peripheral elements of the representation. At this stage we tried to identify the most important terms, without considering the different social groups. In the second stage, a test of the "preference data obtained by direct ordination" type was implemented, using salient terms of the first stage. Data processing was done using a multidimensional scaling algorithm, which generated perceptual maps, both global and stratified by social groups. The stratification took into account the type of contact the groups had with physics as a school or college discipline. For college students, we selected the courses with a number of respondents greater than the number of research terms. The comparison of the perceptual maps showed distinct configurations, but with trends that suggest the existence of social or collective representations of physics.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/108541
Arquivos Descrição Formato
000948632.pdf (2.481Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.