Repositório Digital

A- A A+

Impacto do triatlon ironman sobre os parametros de estresse oxidativo

.

Impacto do triatlon ironman sobre os parametros de estresse oxidativo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Impacto do triatlon ironman sobre os parametros de estresse oxidativo
Outro título Impact of ironman triathlon on oxidative stress parameters
Autor Scheffer, Débora da Luz
Pinho, Cleber Aurino de
Hoff, Mariana Leivas Müller
Silva, Luciano Acordi da
Benetti, Magnus
Moreira, Jose Claudio Fonseca
Pinho, Ricardo Aurino
Resumo Vários estudos têm investigado as alterações na resposta bioquímica em triatletas participantes de provas de Ironman, mas poucos dados relatam as mudanças de estresse oxidativo. O estudo teve como objetivo investigar os parâmetros de estresse oxidativo em triatletas após corrida de Ironman. Participaram do estudo, dezoito triatletas do sexo masculino, com idade média de 34,5 ± 2,15 anos, peso 69,3 ± 1,9 kg e altura 1,71 ± 0,18 m participaram do estudo. A corrida de Ironman consiste em 3,8 km de natação, 180 km de bicicleta e 42,2 km de corrida. Antes da corrida e imediatamente após seu término foi retirado 10 mL de sangue, sendo o mesmo centrifugado e armazenado o soro em freezer -80ºC para posteriores análises. A capacidade antioxidante total, lipoperoxidação, carbonilação de proteínas e conteúdo total de tióis foram determinadas. Os resultados mostraram um aumento significativo na quantidade de hidroperóxidos, carbonilação de proteínas e uma redução na capacidade antioxidante total do plasma e no conteúdo total de tióis após a prova (p<0.05) em relação à pré-prova, concluindo que a prova de Ironman provoca alterações significativas nos marcadores de estresse oxidativo em atletas e que uma suplementação com antioxidantes seria importante para reverter estes efeitos.
Abstract Several studies have investigated the biochemical response changes that take place in Ironman triathletes, but there are few data on oxidative stress changes. The objective of this study was to investigate oxidative stress parameters in triathletes after an Ironman event. The sample consisted of eighteen male triathletes, with a mean age of 34.5 ± 2.15 years, weight 69.3 ± 1.9 kg, and height 1.71 ± 0.18 m. The Ironman triathlon consists of a 3.8-km swim, a 180-km bicycle ride, and a 42.2-km (marathon) run. Before the competition and immediately after its conclusion, 10-mL blood samples were collected, centrifuged and frozen at -80ºC for subsequent analysis. Total antioxidant capacity, lipid peroxidation, protein carbonylation, and total thiol content were measured. The results showed a significant increase in all markers after the event (p<0.05) in relation to the pre-event period, which conclusively shows that the Ironman triathlon induces significant changes oxidative stress markers in athletes and that antioxidant supplementation would be important to reverse these effects.
Contido em Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano. Vol. 14, n. 2 (2012), p. 174-182
Assunto Espécies reativas de oxigênio
Estresse oxidativo
Exercício físico
Triatlo
[en] Oxidative stress
[en] Physical exercise
[en] Reactive oxygen species
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/108612
Arquivos Descrição Formato
000824523.pdf (643.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.