Repositório Digital

A- A A+

Achados na triagem imitanciométrica e de processamento auditivo em escolares

.

Achados na triagem imitanciométrica e de processamento auditivo em escolares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Achados na triagem imitanciométrica e de processamento auditivo em escolares
Outro título Acoustic immitance and auditory processing screening findings in school children
Autor Etges, Camila Lucia
Reis, Marina Citton Padilha dos
Menegotto, Isabela Hoffmeister
Sleifer, Pricila
Soldera, Cristina Loureiro Chaves
Resumo Objetivos: verificar os achados da triagem imitanciométrica e dos testes da avaliação simplificada de processamento auditivo em escolares. Método: participaram da pesquisa alunos de 1ª a 4ª séries, de sete a dez anos de idade, de uma escola de ensino público de Porto Alegre. Foram avaliados 130 escolares na triagem imitanciométrica, que foi constituída por timpanometria e pesquisa do reflexo acústico ipsilateral e avaliação simplificada do processamento auditivo, incluindo testes de localização sonora, memória sequencial para sons verbais e memória sequencial para sons não verbais. Resultados: na triagem imitanciométrica 43,08% dos escolares passaram, tendo a curva tipo A como mais frequente. O reflexo acústico em 4000 Hz teve percentual de presença inferior comparado com os demais. Passaram nos testes da avaliação simplificada do processamento auditivo 76,15% das crianças. Além disso, foi observado que o teste no qual os escolares obtiveram pior desempenho foi o de memória sequencial para sons verbais. Falharam na triagem imitanciométrica e na avaliação simplificada de processamento auditivo 12,3% dos escolares. Conclusão: a curva timpanométrica tipo A foi a mais frequente na população estudada. Na avaliação simplificada do processamento auditivo a maioria dos sujeitos passou, tendo maior frequência de acertos no teste de localização sonora. Não houve associação estatística entre o resultado da triagem imitanciométrica e o resultado da avaliação simplificada de processamento auditivo.
Abstract Purpose: to check acoustic immittance screening findings and results of the simplified evaluation of auditory processing in school children. Method: the subjects under this study were students from the 1st to the 4th grade, with ages ranging from seven to ten year-old, from a public school in Porto Alegre. 130 students were evaluated in the immitance screening, which consisted of a tympanometry and an ipsilateral acoustic reflex, and a simplified evaluation of auditory processing. This has also involved the tests of sonorous localization, and verbal and non-verbal sequential memory. Results: in the screening immittance, 43.08% of the students passed and the type A curve was the most frequent. The acoustic reflex at 4000 Hz had a lower percentage of appearance when compared with the others. In the tests for simplified evaluation of auditory processing, 76.15% of the children passed. Moreover, it was observed that the worst performance of the evaluated students was found in the verbal sequential memory test. Conclusion: the type A tympanometric curve was the most frequent in this population. In the simplified evaluation of auditory processing, most subjects passed, obtaining higher frequency of correct answers in the sonorous localization test. No statistical association between the results of the immittance screening and the simplified evaluation of auditory processing was found.
Contido em Revista CEFAC. São Paulo. Vol. 14, n.6 (out./dez. 2012), p. 1098-1107.
Assunto Audição
Criancas : Escola
Percepção auditiva
[en] Auditory perception
[en] Hearing
[en] School health
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/108677
Arquivos Descrição Formato
000893168.pdf (819.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.