Repositório Digital

A- A A+

Propagação de Hippeastrum reticulatum var. striatifolium (Herb.) Herb.

.

Propagação de Hippeastrum reticulatum var. striatifolium (Herb.) Herb.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Propagação de Hippeastrum reticulatum var. striatifolium (Herb.) Herb.
Outro título Propagation of Hippeastrum reticulatum var. striatifolium (Herb.) Herb
Autor Heintze, Willian
Orientador Schafer, Gilmar
Co-orientador Fior, Claudimar Sidnei
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Floricultura
Muda
Propagação vegetativa
Resumo Hippeastrum reticulatum var. striatifolium (Herb.) Herb. é uma espécie nativa no Brasil. Possui elevado potencial ornamental pela beleza de suas folhas perenes e floração anual. Moderadamente tolerante ao sombreamento, a torna indicada para uso em interiores. A produção de mudas é pouco estudada, refletindo em indisponibilidade e baixa difusão dessa espécie no mercado produtor e consumidor. Este trabalho teve por objetivo investigar aspectos relacionados à produção de mudas por micropropagação e por sementes. Bulbos de plantas existentes na Faculdade de Agronomia-UFRGS foram desinfestados com NaClO e termoterapia para micropropagação. Variações na posição de incubação (posição horizontal e vertical), concentrações de sacarose, reguladores de crescimento no meio de cultivo (BAP e ANA) e tamanho prévio dos bulbos foram avaliadas em relação à organogênese in vitro. Mudas micropropagadas foram aclimatizadas em diferentes substratos. Foi determinado o teor de umidade de sementes e avaliado o pré tratamento com frio e sua implicação na germinação. A desinfestação com NaClO 1,72% por 15‟ associada à imersão dos explantes por 30 minutos em água a 52°C diminuiu a contaminação in vitro sem ocasionar morte dos explantes. Explantes incubados na posição vertical em relação ao seu eixo polar apresentaram maior número e diâmetro de brotações, número e soma do comprimento de raízes e número de folhas por explante, em relação aos incubados na horizontal. Concentrações de sacarose próximas e menores que 60g L-1 aumentaram o número e tamanho de brotações, enquanto que menores que 50g L-1 melhoraram o enraizamento e a formação de folhas. A concentração testada de 100g L-1 foi prejudicial. A utilização de 6- benzilaminopurina (BAP) no meio de cultivo inibiu a formação de raízes e o diâmetro das brotações, enquanto a utilização de ácido naftaleno acético (ANA) aumentou o número de brotações. A combinação de ANA e BAP foi antagônica em relação à média do comprimento de raízes e folhas, com maior média observada na ausência de ambos. A presença de carvão ativado no meio de cultivo diminuiu os efeitos inibitórios do BAP. Explantes originários de bulbos com maior diâmetro formaram mudas maiores, mais numerosas e com maior massa de matéria fresca. A aclimatização de mudas micropropagadas foi eficiente em diversos substratos (sobrevivência > 90%), com destaque qualitativo à casca de Pinus compostada e quantitativo ao Comercial 1. Sementes maduras apresentaram teor de umidade próximo a 80%. A propagação por sementes foi possível, sem a necessidade de quebra de dormência com frio, com tempo médio de germinação em torno de 30 dias.
Abstract Hippeastrum reticulatum var. striatifolium (Herb.) Herb. is a native species on Brazil. Has high ornamental potential of its beautiful annual flowering and perennial leaves. Moderately tolerant to shade, makes it suitable for indoor use. Seedling production is poorly studied, reflecting in unavailability and low spread of this species in the producer and consumer markets. This work was aimed to investigate aspects related to seedling production through micropropagation and seedling. Bulbs of the plants conserved at the Faculty of Agronomy, UFRGS were disinfected with NaClO and thermotherapy for micropropagation. Variations in incubation position (horizontal and vertical), sucrose concentrations, growth regulators in the culture medium (BAP and NAA) and previous size of the bulbs, were evaluated for in vitro organogenesis. Seedlings were acclimatized in different substrates. The moisture content of seeds was determined and the pretreatment with cold as well as their involvement in germination were evaluated. The disinfection of the explants with 1.72% NaClO for 15' associated with the immersion of the explants for 30 minutes in water at 52 °C decreased contamination in vitro, without causing death. Explants incubated in an upright position on its polar axis showed higher germinating number and diameter as well as number and total root length and number of leaves per explants compared to those incubated horizontally. Concentrations of sucrose close and less than 60g L-1 increased the number and size of shoots, while less than 50 g L-1 improved rooting and leaf formation. The tested concentration of 100 g L-1 was harmful. The use of 6-benzylaminopurine (BAP) in the medium inhibited the formation of roots and the diameter of shoots, while the use of naphthalene acetic acid (NAA) increased the number of shoots. The combination of NAA and BAP was antagonistic in respect to length of roots and leaves, with the highest average observed in the absence of both. The presence of activated charcoal in the culture medium decreased the inhibitory effects of BAP. Explants originated from bulbs with highest diameter formed larger, more numerous and seedlings with more mass. The acclimatization of seedlings was efficient on various substrates (survival > 90 %), highlighting qualitative to Pinus bark composted and the quantitative to Commercial 1. Ripe seeds showed moisture content close to 80 %. Propagation by seed is possible, without the need to break dormancy with cold, with average germination time of around 30 days.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/108710
Arquivos Descrição Formato
000945398.pdf (2.358Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.