Repositório Digital

A- A A+

A música na cadência da história : raça, classe e cultura em Porto Alegre no pós-abolição

.

A música na cadência da história : raça, classe e cultura em Porto Alegre no pós-abolição

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A música na cadência da história : raça, classe e cultura em Porto Alegre no pós-abolição
Autor Bohrer, Felipe Rodrigues
Orientador Xavier, Regina Célia Lima
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Afrodescendente
Classe
Cultura
História e Música
História social
Música
Porto Alegre (RS)
Primeira República
Raça
São Borja (RS)
[en] Afrodescendants
[en] Post-abolition
[en] Social history of music
Resumo Esta dissertação tem como tema a história da música em Porto Alegre e a participação dos afrodescendentes em sua construção no pós-abolição, mais especificamente na Primeira República. Partindo dos pressupostos da História Social, este estudo tem por objetivo problematizar como as categorias de raça, classe e cultura permearam as disputas em torno da legitimação do cenário musical e como os diferentes usos da música proporcionaram formas de mobilidade social para músicos e grupos afrodescendentes. Através de jornais (principalmente A Federação e O Exemplo) e de documentações oficiais (principalmente Relatórios municipais e estaduais) procura-se perceber o campo musical como uma arena de conflitos e disputas agenciadas por diferentes sujeitos em relação. Para isto, busca-se analisar estas questões sob variados ângulos que articulam diferentes locais e usos da música, assim como os sujeitos que atuaram na construção e legitimação desta cultura musical. Por fim, tenciona-se a relação entre música popular e música erudita com os afrodescendentes na formação de uma cultura nacional.
Abstract This dissertation has as a theme the history of music in Porto Alegre and the participation of afrodescendants in the construction in the post-abolition, more specifically at first republic. Starting from assumptions of Social History, this study has as goal problematize how the categories of race, class and culture permeate the disputes surrounding the legitimization of the music cenary and how the differents musical uses provided ways of social mobility for musicians and afrodescedants groups. Through the journals (mainly A Federação e O Exemplo) and official documentation (mainly state and municipal reports) seeks to realize the musical field as arena of conflicts and brokered disputes by differents people in relation. For this, seeks to analyse this questions from several angles that articulate differents places and musical uses, as the people who act in construction and legitimization of this musical culture.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/108950
Arquivos Descrição Formato
000948148.pdf (4.953Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.