Repositório Digital

A- A A+

Os saberes desenvolvidos nas práticas em um hackerspace de Porto Alegre

.

Os saberes desenvolvidos nas práticas em um hackerspace de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os saberes desenvolvidos nas práticas em um hackerspace de Porto Alegre
Autor Burtet, Cecilia Gerhardt
Orientador Antonello, Cláudia Simone
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Aprendizado baseado na experiência
Hackers
Saber-Fazer
[en] Actor-network theory
[en] Hackerspace
[en] Practices based learning perspective
Resumo Na tentativa de compreender como os saberes são desenvolvidos nas práticas de um grupo em um hackerspace, este estudo parte da perspectiva da aprendizagem baseada em práticas pelo viés da abordagem teórico-metodológica da teoria atorrede para acompanhar a realização das atividades cotidianas de um coletivo em um hackerspace. Sem definições prévias estabelecidas acerca do conceito de hackerspace, o estudo tem como objetivo compreender como os saberes são desenvolvidos nas práticas de um grupo, em um hackerspace, e como são enactados pelas relações entre os diversos elementos heterogêneos da rede. Para isso, foi necessário, além da análise das práticas predominantes no cotidiano do coletivo, identificar e descrever – considerando humanos e não humanos de forma simétrica – como os processos de aprendizagem são engendrados nessas práticas, passando a constituir saberes. A fim de viabilizar a pesquisa, desenvolveu-se um estudo, orientado pela teoria ator-rede como método e lente de análise, entre os meses de dezembro de 2013 e setembro de 2014, em um hackerspace localizado em Porto Alegre, RS. Com o propósito de alcançar os objetivos formulados nesse trabalho, são descritas e analisadas as principais práticas predominantes na organização pesquisada e seus processos de aprendizagem, revelando que práticas, saberes e aprendizagem coexistem e se encontram imbricadas no constante organizar do coletivo. A incompletude de ser e as hibridizações enactadas nas práticas são discutidas posteriormente e denotam a agência dos não humanos, oriunda de arranjos momentaneamente estabelecidos entre os actantes da rede. A pesquisa revelou a complexidade dos saberes, que se encontram vinculados a um conjunto de práticas conectadas, uma vez que são constituídos por elas, ao mesmo tempo em que as constituem, sendo engendrados nas relações heterogêneas da rede.
Abstract In order to understand how the knowledge is developed in the practices of a hackerspace group, this research proceeds from the learning perspective of practices based on the theoretical and methodological approach of the actor-network theory bias to monitor daily activities of a collective in a hackerspace. Without previous definition of the concept of hackerspace, this study objective is to comprehend how the knowledge is developed in a group, in a hackerspace, and how it is accomplished by the relationship between the various heterogeneous network elements. For this, it was necessary, in addition to analyze the current practices in the daily life of the group, identify and describe – considering symmetrically humans and nonhumans – how the learning processes are fomented in these practices and built into knowledge. In order to accredit the research, a study was developed, based on the actor-network theory as the method of the analysis, from December 2013 to September 2014, in a hackerspace located in Porto Alegre, RS. With the purpose to achieve the goals of this research, the key practices and learning processes of the studied organization are described and analyzed, revealing that practice, knowledge and learning are intertwined and coexist in the group. The incompleteness of being and the hybridizations accomplished in the practices are discussed posteriorly and denote the agency of nonhumans, emerged from momentaneous arrangements established among the actants of the network. The study reveals the complexity of knowledge, which is linked to a group of practices, as it is constituted by them and in the same time it constitutes them, being engendered in the heterogeneous relations of the network.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/109016
Arquivos Descrição Formato
000950101.pdf (19.73Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.