Repositório Digital

A- A A+

Dos escravos que partem para os portos do sul : características do tráfico negreiro do Rio Grande de São Pedro do Sul, c.1790-c.1825

.

Dos escravos que partem para os portos do sul : características do tráfico negreiro do Rio Grande de São Pedro do Sul, c.1790-c.1825

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dos escravos que partem para os portos do sul : características do tráfico negreiro do Rio Grande de São Pedro do Sul, c.1790-c.1825
Autor Berute, Gabriel Santos
Orientador Osório, Helen
Data 2006
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História.
Assunto Comerciante
Comercio negreiro
Escravidão
História do Rio Grande do Sul
Rio Grande do Sul
Tráfico de escravos
[en] Rio Grande do Sul
[en] Slavery
[en] Slave trade
[en] Traders
Resumo O objetivo desta investigação é analisar o tráfico de escravos na Capitania do Rio Grande de São Pedro do Sul, na passagem do século XVIII para o XIX. Duas questões básicas orientaram nossa investigação: a análise das características demográficas dos escravos traficados (sexo, naturalidade, condição e faixa etária) e a caracterização da dinâmica de funcionamento do circuito mercantil (composição dos envios, concentração do tráfico e traficantes envolvidos). Verificou-se que, embora se realizasse apenas na sua etapa interna, o tráfico de escravos da capitania apresentava características semelhantes àquelas observadas nas regiões que participavam diretamente do tráfico atlântico de escravos. Quanto ao perfil demográfico, constatou-se o predomínio dos escravos africanos e uma elevada razão de masculinidade, tanto entre os africanos quanto entre os crioulos.Por outro lado, observou-se que aproximadamente 1/3 dos escravos despachados para o Rio Grande de São Pedro do Sul, entre 1788-1802, tinham entre 10 e 14 anos. No que diz respeito ao circuito mercantil, concluiu-se que o comércio se dava através de pequenos envios e era realizado por um grande número de “traficantes eventuais”. Estes pequenos comerciantes foram responsáveis pela comercialização de uma parcela importante do total de escravos e pela maior parte dos envios realizados e, deste modo, foram indispensáveis para o funcionamento do mercado negreiro sul-rio-grandense. As principais fontes utilizadas foram as guias de transporte de escravos emitidas pela Provedoria da Fazenda Real, os despachos e passaporte de escravos emitidos pela Polícia da Corte e o Livro de Sisas da Vila do Rio Grande.
Abstract The objective of this investigation is to analyze the slave trade in Capitania do Rio Grande de São Pedro do Sul, during the passage from the 18th to the 19th century. Two basic subjects guided our investigation: the analysis of the demographic characteristics of traded slaves (sex, naturalness, condition and age) and the characterization of the trading circuit (composition of shipments, trade concentration and traders engaged). It was noticed that, although it took place only internally, the slave trade in capitania presented characteristics similar to the ones observed in the regions which participated directly in the Atlantic slave trade. As to the demographic profile, it was verified a predominance of african slaves and a high percentage of males, both among africans and crioulos. On the other hand, it was observed that approximately 1/3 of the slaves sent to Rio Grande de São Pedro do Sul, between 1788-1802, was between 10 and 14 years old. Concerning the trading circuit, it was concluded that the slave trade took place through small shipments and was accomplished by a high number of “eventual traders”.These little traders were responsible for the commercialization of the majority of the slaves and of the shipments. This way, they became indispensable to the success of the slave trade in Rio Grande de São Pedro do Sul. The main sources used were the documents of slaves transportation issued by the Provedoria da Real Fazenda; the dispatching and passports of slaves issued by the Polícia da Corte and the Livro de Sisas da Vila do Rio Grande.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10917
Arquivos Descrição Formato
000602867.pdf (1.168Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.