Repositório Digital

A- A A+

Produção de conhecimentos e inovações na transição agroecológica : o caso da agricultura ecologica de Ipê e Antônio Prado/RS

.

Produção de conhecimentos e inovações na transição agroecológica : o caso da agricultura ecologica de Ipê e Antônio Prado/RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Produção de conhecimentos e inovações na transição agroecológica : o caso da agricultura ecologica de Ipê e Antônio Prado/RS
Autor Oliveira, Daniela
Orientador Schneider, Sergio
Co-orientador Marques, Flávia Charão
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Agricultura ecológica
Agricultura familiar
Antônio Prado (RS)
Ipê (RS)
[en] Agroecological transition
[en] Innovation
[en] Knowledge production
Resumo Esta tese trata da produção de conhecimentos e inovações na agricultura, mais especificamente em tipos de agriculturas contra tendentes, ou seja, que se desenvolvem a margem dos padrões, das regras e das trajetórias tecnológicas associadas ao projeto modernizante da agricultura e do mundo rural. O caso em análise é a Associação dos Agricultores Ecologistas de Ipê e Antônio Prado/RS (AECIA), grupo de famílias de agricultores que desde o final da década de 1980 vem praticando o que denominam localmente de uma agricultura ecológica. Os objetivos desta tese são: (a) analisar a produção de conhecimentos e inovações na AECIA; (b) identificar os mecanismos e as estratégias por meio das quais as inovações produzidas relacionam-se com processos de transição sociotécnica na agricultura, constituindo-se como novidades; e (c) refletir sobre as potencialidades e os limites de casos como estes em influenciar num processo de transição sociotécnica na agricultura. Os recursos metodológicos utilizados foram a metodologia qualitativa, como método de abordagem e o estudo de caso, como técnica de pesquisa. A coleta de dados ocorreu através de 42 entrevistas e de observação participante. Foram realizados dois tipos de entrevistas: entrevista sequencial individual (ou linha do tempo) e entrevista semiestruturada. As principais conclusões indicam que a agricultura ecológica de Ipê e Antônio Prado foi, e é, um processo local e específico, apesar de inserido dentro de um movimento mais amplo de contestação social aos impactos da modernização da agricultura no Brasil. O caráter local e específico remete a outra importante característica que é o caráter inovador e experimental. Mostro que neste caso o processo de produção de conhecimentos e inovações se deu fundamentalmente a partir da prática reflexiva e da contextualização de conhecimentos através de processos informais e cotidianos de inovação. Como importantes exemplos de inovações que surgem através destes processos estão o biofertilizante Super Magro e o uso da calda bordaleza na produção de pêssego e maçã. Viu-se também que a produção de conhecimentos e inovações extrapolou os limites da produção agrícola e que a partir de algumas novidades centrais outras novidades foram produzidas, dando origem a uma nova configuração sociotécnica, ou teia de novidades. É no âmbito desta nova configuração que as inovações adquirem o caráter de novidades e que processos de transição agroecológica podem ser efetivados. Entre as novidades que constituem esta teia cito novas técnicas de cultivo, novos insumos produtivos, novos equipamentos, mudanças na legislação de alimentos, novos produtos processados, novos espaços/canais de comercialização, novas associações e grupos de agricultores ecologistas. Além da presença de uma teia de novidades identifico também um nicho de inovação em agricultura ecológica. As características que permitem afirmar a presença de um nicho são a radicalidade das inovações produzidas, neste caso relacionado à ecologização das unidades produtivas, a presença de processos de produção de conhecimentos e inovações, conforme indico anteriormente, e o estabelecimento de novas redes sociotécnicas, neste caso representado pela teia de novidades. A presença de um nicho de inovação, no entanto, não é suficiente para afirmar-se a existência de um processo de transição sociotécnica na agricultura. Quando analiso a interação entre aspectos e elementos que constituem o nicho de inovação em agricultura ecológica, com o ambiente sociotécnico mais amplo, representado por mudanças recentes na cadeia de produção da uva e do vinho, identifico tensões e disputas, principalmente entorno dos mercados e das regras de produção. Neste caso, parece estar ocorrendo um processo de enfraquecimento do nicho e de “esverdeamento” da cadeia da uva e do vinho, que se apropria de elementos desenvolvidos no âmbito do nicho para complementar ou substituir componentes do regime.
Abstract This thesis deals with the production of knowledge and innovation in agriculture , specifically in contratendentes types of agriculture, ie to develop the scope of standards, rules and technological trajectories associated with the project of modernizing agriculture and the rural world . The case in point is the Farmers' Association of Ecologists Ipe and Antonio Prado/RS (AECIA), group of families of farmers since the late 1980s has been practicing what they call locally ecological agriculture. The objectives of this thesis are: (a) analyze the production of knowledge and innovation in AECIA, (b) identify the mechanisms and strategies through which innovations produced relate to processes of socio-technical transition in agriculture, constituting as news, and (c) reflect on the possibilities and limitations of such cases in influencing a process of socio-technical transition in agriculture. The methodological resources were qualitative methodology as a method of approach and the case study as a research technique. Data collection occurred through 42 interviews and participant observation. Sequential individual interview (or timeline) and semistructured interviews: two types of interviews were conducted. The main findings indicate that ecological agriculture Ipe and Antonio Prado was, and is, a local and specific process, although embedded within a broader movement of social protest to the impacts of modernization of agriculture in Brazil. Local and specific character refers to another important feature that is innovative and experimental. Show that in this case the process of knowledge production and innovation occurred primarily from the reflective practice and knowledge contextualization and everyday informal innovation processes. As important examples of innovations that emerge through these processes are the Super Slim biofertilizers and use of copper sulphate in the production of peach and apple. It was seen also that the production of knowledge and innovations pushed the boundaries of agricultural production and from some other central novelties novelties were produced, giving rise to a new socio-technical configuration, or web news. It is within this setting that new innovations acquire the character of innovations and processes that agroecological transition can be effected. Among the novelties that constitute this web are new farming techniques, new production inputs , new equipment , changes in food legislation, new processed products, new spaces/marketing channels, new associations and groups of ecological farmers. Besides the presence of a web news also identify a niche innovation in organic farming. The characteristics that can confirm the presence of a niche are the radicalness of innovations produced in this case related to the greening of production units, the presence of processes of knowledge production and innovation, as I indicate above, and the establishment of new socio-technical networks, in this case represented by web of news. The presence of a niche innovation, however, is not sufficient to assert the existence of a process of sociotechnical transition in agriculture. When I examine the interaction between aspects and elements that constitute the niche for innovation in organic farming, with the wider socio-technical environment, represented by recent changes in the chain of production of grapes and wine, identify tensions and disputes, especially around the markets and production rules. In this case, it seems that a process of weakening of the niche and the "greening" of the grape and wine chain, which appropriates elements developed within the niche to supplement or replace components of the system.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/109251
Arquivos Descrição Formato
000946230.pdf (2.979Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.