Repositório Digital

A- A A+

Velhices rurais na perspectiva do desenvolvimento social ampliado : estudo de casos múltiplos na metade sul do Rio Grande do Sul

.

Velhices rurais na perspectiva do desenvolvimento social ampliado : estudo de casos múltiplos na metade sul do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Velhices rurais na perspectiva do desenvolvimento social ampliado : estudo de casos múltiplos na metade sul do Rio Grande do Sul
Autor Tonezer, Cristiane
Orientador Lopes, Marta Júlia Marques
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Camaquã (RS)
Canguçu (RS)
Desenvolvimento social
Envelhecimento
Espaço rural
Idosos
Rio Grande do Sul
[en] Aging
[en] Expanded social development
[en] Rural elderly
Resumo Este estudo é dedicado à compreensão de experiências de envelhecimento rural nos municípios de Camaquã e Canguçu na perspectiva do desenvolvimento social ampliado. Insere-se em um Programa Interdisciplinar de Pesquisa que busca integrar enfoques multidisciplinares e interdisciplinares na análise do desenvolvimento rural em municípios da Metade Sul do Estado do Rio Grande do Sul. Analisa as convergências e ou divergências das evidências sociais, os reflexos na vida prática das populações rurais envelhecidas, considerando a transição demográfica no país e a noção de desenvolvimento social ampliado. Trata-se de um estudo de casos múltiplos (multicaso), do tipo qualitativo. A geração dos dados deu-se por meio de pesquisa documental das políticas públicas setoriais que se embasam no envelhecimento populacional e nas dimensões locais dessas políticas e em entrevistas e grupos focais, com 31 gestores e prestadores de serviços dos municípios estudados. Desenvolveram-se dois grupos focais, um em Camaquã e outro em Canguçu, participando em cada grupo oito idosos rurais. A análise considerou o conteúdo temático e as formas como apareceram nas comunicações as dimensões sociopolíticas da problemática estudada. Os resultados mostraram o envelhecimento crescente tanto em Camaquã quanto em Canguçu, com destaque para o rural. Constatou-se que as velhices rurais expressam as incongruências da implementação das políticas públicas referendadas em tratados e políticas nacionais e internacionais. Observaram-se características e limitações próprias do rural, expressas e diferenciadas entre os espaços da agricultura familiar, dos assentamentos rurais e das fazendas, encontrando-se os dois últimos em situação desfavorável se comparados ao primeiro. No plano da vida prática, para suprir a carência da oferta de ações e serviços públicos aos idosos no rural, o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Camaquã e de Canguçu assumem papel importante na vida dessa população. É possível afirmar que, considerando o desenvolvimento social ampliado, tanto em Camaquã quanto em Canguçu os idosos rurais encontram-se “des” (não) envolvidos nas ações e serviços, quer nos limites do rural dos municípios como em termos de inclusão na sociedade mais ampla.
Abstract This study is devoted to understanding the experiences of rural aging in the cities of Camaquã and Canguçu from the prospect of expanded social development. It is inserted into an Interdisciplinary Research Program that integrates multidisciplinary and interdisciplinary approaches in the analysis of rural development in cities in the southern half of the state of Rio Grande do Sul. It examines the convergences and or divergences of social evidences, the reflections on the practical life of the aging rural population, considering the demographic transition in the country and the notion of social development expanded. It is a multiple case study (multicase), a qualitative approach. The generation of data was done through desk research of public sector policies that underlie the aging population and local dimensions of these policies and interviews and focus groups, with 31 managers and service providers in the cities studied. Two focus groups were developed, one in Camaquã and another in Canguçu, participating in each group eight rural elderly. The analysis considered the thematic content and the ways communications appeared in the socio-political dimensions of the problem studied. The results showed the growing aging both in Camaquã as in Canguçu, especially rural. It was found that rural old age express inconsistencies of implementation of public policies ratified in treaties and national and international policies. We observed the characteristics of the rural, expressed and differentiated among the spaces of family agriculture, rural settlements and farms, lying the last two at a disadvantage compared to the first. In terms of practical life, to supply the deficiency of actions and services for the elderly in the rural, the Rural Workers Union from Camaquã and Canguçu play an important role in the life of this population. It is possible to say that, considering the wide social development, both in Camaquã as in Canguçu the rural elderly are “un” (not) involved in the actions and services, either within the boundaries of rural cities and in terms of inclusion in wider society.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/109269
Arquivos Descrição Formato
000946982.pdf (2.043Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.