Repositório Digital

A- A A+

"Aqui até o arado é diferente" : transformações no fazer agricultura e em hábitos alimentares entre famílias assentadas - um estudo realizado no Assentamento União, Rio Grande do Sul

.

"Aqui até o arado é diferente" : transformações no fazer agricultura e em hábitos alimentares entre famílias assentadas - um estudo realizado no Assentamento União, Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título "Aqui até o arado é diferente" : transformações no fazer agricultura e em hábitos alimentares entre famílias assentadas - um estudo realizado no Assentamento União, Rio Grande do Sul
Autor Machado, Carmen Janaina Batista
Orientador Menasche, Renata
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural.
Assunto Alimentação : Aspectos culturais
Assentamento rural
Campesinato
Hábito alimentar
Rio Grande do Sul
[en] Agriculture
[en] Food
[en] Land reform settlement
[en] Peasantry
Resumo Inserido no contexto de assentamentos de reforma agrária, o estudo pretende analisar transformações no fazer agricultura e nos hábitos alimentares entre famílias rurais assentadas. Primeiramente são analisados os espaços de trabalho que conformam o lote, tendo presentes as relações de gênero. As trajetórias das famílias estudadas, desde seu local de origem até o assentamento, também constituem objeto de investigação, com especial atenção às relações entre pessoas e objetos. Na sequência, o olhar se volta para a lavoura, especificamente para o fazer agricultura tal como praticado no local de origem e no assentamento, atentando para as continuidades e descontinuidades. Das transformações na lavoura, referentes aos modos de produzir e ao que é produzido, a observação é conduzida para a mesa, mais precisamente às transformações nos hábitos alimentares das famílias assentadas. Ao mesmo tempo em que é notada a permanência de saberes e práticas alimentares, evidencia-se que tais transformações são operadas a partir da inviabilidade produtiva, no contexto do assentamento, de determinados alimentos habitualmente consumidos no local de origem – a exemplo da cana-de-açúcar e seus derivados –, mas também da incorporação ao consumo de novos alimentos, especialmente produtos industrializados. A construção deste trabalho se deu a partir de pesquisa etnográfica realizada no período compreendido entre novembro de 2012 e dezembro de 2013 junto a famílias rurais do assentamento União, localizado no município de Canguçu, Rio Grande do Sul.
Abstract Placed into the context of agrarian reform settlements, this study aims to analyze changes in agriculture and in eating habits of settled rural households. First of all, workspaces that constitute the land are analyzed, taking gender relations into account. The trajectories of the studied families, from its place of origin to the settlement, are also subject to investigation, paying special attention to relations between people and objects. After that, the focus turns to farming, more specifically to agriculture as it is practiced in the place of origin and in the settlement, paying attention to continuities and discontinuities. From transformations in the field, covering production methods and what is produced, the observation is conducted to the dining table, more precisely to changes in eating habits of settled households. Despite the permanency of eating practices and knowledge, it is clear that such transformations happen from within the productive infeasibility, in the context of settling, of certain foods commonly consumed in the place of origin – such as sugar cane and foods derived from it –, but they also happen through the incorporation of the consumption of novel foods, especially manufactured products. This paper was based on ethnographic research conducted in the period between November 2012 and December 2013, along with rural households in the União settlement, located in the city of Canguçu, Rio Grande do Sul.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/109275
Arquivos Descrição Formato
000947606.pdf (6.758Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.