Repositório Digital

A- A A+

A crítica epistemológica à ciência econômica por Nicholas Georgescu-Roegen

.

A crítica epistemológica à ciência econômica por Nicholas Georgescu-Roegen

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A crítica epistemológica à ciência econômica por Nicholas Georgescu-Roegen
Autor Becker, Frederico Rödel
Orientador Araujo, Jorge Paulo de
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Economia
[en] Epistemological critique
[en] History of the contemporary economic thought
[en] Marginalist revolution
[en] Mechanical analogy
Resumo Este trabalho tem como objetivo principal analisar as contribuições do estatístico e economista romeno Nicholas Georgescu-Roegen para a ciência econômica e suas implicações para o campo da teoria econômica. Buscando contextualizar os desenvolvimentos da física dos séculos XVII e XIX, será feita uma relação entre estes desenvolvimentos e a Revolução Marginalista observada no final do século XIX. Através de determinantes tecnológicos e políticos, também será realizada uma revisão da literatura da História do Pensamento Econômico quanto à abordagem da Economia no tratamento das questões ambientais. Mostraremos a formação do pensamento de Georgescu-Roegen quanto ao seu contato com o ambiente acadêmico norte-americano, suas contribuições à teoria do consumidor, e, posteriormente, sua ruptura com o pensamento neoclássico, com a formulação de uma abordagem própria da ciência econômica que considera os conceitos de entropia, aritmomorfismo e dinâmica evolucionária da economia.
Abstract This study’s main objective is to analyze the Romanian statistician and economist Nicholas Georgescu-Roegen’s contributions to the economic science and its implications for the field of economic theory. Seeking to contextualize the developments of physics in the XVII and XIX centuries, a relation between these developments and the Marginalist Revolution observed at the end of the XIX century will be established. A brief revision of the literature of the History of the Economic Thought will also be done taking into account technological and political determiners, concerning the approach of Economics in the treatment of the environmental issues. We will show the formation of Georgescu-Roegen’s thought in his contact with the North-American academic field, his contributions to the consumer theory and, afterwards, his rupture with the neoclassical thought, with the devising of an approach of the economic science which considers the concepts of entropy, arithmomorphism and evolutionary dynamics in economics.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/109384
Arquivos Descrição Formato
000935127.pdf (401.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.