Repositório Digital

A- A A+

Arroz e proteína isolada de soja em dietas pré-iniciais para frangos de corte

.

Arroz e proteína isolada de soja em dietas pré-iniciais para frangos de corte

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Arroz e proteína isolada de soja em dietas pré-iniciais para frangos de corte
Outro título Rice and soy protein isolate in pre-starter diets for broilers
Autor Ebling, Patricia Diniz
Orientador Ribeiro, Andrea Machado Leal
Co-orientador Kessler, Alexandre de Mello
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Zootecnia.
Assunto Amido
Arroz
Dieta
Digestibilidade
Frango de corte
Resumo Apesar da maioria das agroindústrias adotarem dieta específica para a fase pré-inicial, os ingredientes utilizados são os mesmos das fases posteriores, basicamente milho e farelo de soja, os quais nesta fase não apresentam alta digestibilidade. Com base nesse cenário, foram conduzidos três experimentos (Exp) para avaliar a substituição do milho por arroz, branco (AB) ou parboilizado (AP), e a inclusão de 6% de proteína isolada de soja (PIS), visando o uso desses ingredientes em dietas pré-iniciais. No Exp I as substituições foram feitas até 21 dias, enquanto nos Exp II e III, as dietas substitutivas foram utilizadas somente até os sete dias de idade, sendo que nas fases posteriores, todas as aves receberam a mesma ração, com base no milho e no farelo de soja. No Exp I avaliou-se os coeficientes de retenção aparente (CRA) das dietas pré-iniciais e iniciais, digestibilidades ileal e jejunal do amido das dietas iniciais, com intuito de investigar a velocidade de digestão do amido dos diferentes cereais e sua influência no desempenho de frangos de corte (1-21 dias). Na sequência, dois Exp foram conduzidos para avaliar as mesmas dietas pré-iniciais, porém sob a forma física peletizada (Exp II) e farelada (Exp III), variando na porcentagem de óleo (Exp II) ou não (Exp III) no desempenho de frangos (1-33 dias). Não houve interação entre os fatores avaliados (P>0,05). O arroz (AB ou AP), comparado ao milho, conferiu os melhores resultados tanto para os CRA dos componentes das dietas e digestibilidades jejunal e ileal do amido, quanto para desempenho (P<0,01). A diferença entre a digestibilidade ileal e jejunal do amido foi de 11,2 pontos percentuais para o milho, 7,5 para o AB e 4,4 para o AP, mostrando maior velocidade na digestão do amido do arroz comparado ao milho. Entre os dois tipos de arroz, dietas com AB resultaram no maior aproveitamento de todos os componentes das dietas (P<0,05), com exceção do amido e energia metabolizável aparente que não diferiram das dietas com AP (P>0,05). No Exp I, dietas com 6% de PIS apresentaram melhor CRA, porém reduziram o consumo de ração, prejudicando o desempenho das aves (P<0,01). No Exp III, a melhor conversão alimentar conferida pelas dietas com arroz persistiu nas fases posteriores (P<0,05). Nos Exp II e III a inclusão de PIS não melhorou o desempenho das aves (P>0,05). O arroz (AB ou AP) comparado ao milho foi a melhor opção em dietas pré-iniciais. A inclusão de PIS não melhorou o desempenho, em dietas peletizadas ou com igual porcentagem de óleo. Sugere-se a substituição do milho por arroz em dietas pré-iniciais para frangos.
Abstract Although most industries use a specific diet for the pre-starter phase, ingredients are used as the later phases, primarily corn and soybean meal, which at this stage does not have high digestibility. Based on this scenario, three experiments (Exp) were conducted to evaluate the replacement of corn by rice, white (WR) or parboiled (PR), and the inclusion of 6% of soy protein isolate (SPI) were conducted aiming to use these ingredients in pre-starter diets. In Exp I substitutions were made up to 21 days. In Exp II and III, substitute diets were used only until seven days of age, whereas in the later stages, all birds received the same diet based on corn and soybean meal. In Exp I we evaluated the coefficients of total tract apparent retention (CTTAR) of pre-starter and starter diets and jejunal and ileal digestibility of starch starter diets, in order to investigate the rate of starch digestion and its influence on broilers performance (1-21 days). In the sequence, two Exp were conducted to evaluate the same pre-starter diet, but in pellets physical form (Exp II) or mash (Exp III) varying the percentage of oil (Exp II) or not (Exp III) and broilers performance until 33 days. There was no interaction between the factors evaluated (P>0.05). Rice (WR or PR) compared to corn, gave the best results for CTTAR of diet components, jejunal and ileal digestibility of starch, and performance (P<0.01). The difference between starch jejunal and ileal digestibility was 11.2 percentage points for corn, 7.5 for WR and 4.4 for PR, showing greater speed in digestion of starch in rice compared to corn. Between the two types of rice, WR diets resulted in greater utilization of all components of the diets (P<0.05), except starch and apparent metabolizable energy that no differed to PR (P>0.05). In Exp I, diets with 6% SPI showed better CTTAR, but reduced feed intake, impairing the performance of broilers (P<0.01). In Exp III, better feed conversion of rice diets was kept in the later stages (P<0.05). In Exp II and III SPI did not improve bird performance (P>0.05). Rice (WR or PR) compared to corn was the best option in pre-starter diets. The inclusion of SPI has not improved the performance in pelleted or equal percentage of oil diets. We suggest the replacement of corn by rice in pre-starter diets for broilers.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/109686
Arquivos Descrição Formato
000951067.pdf (1.414Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.