Repositório Digital

A- A A+

Esquemas conceituais como recurso de ensino, aprendizagem e avaliação na eletrodinâmica em nível médio

.

Esquemas conceituais como recurso de ensino, aprendizagem e avaliação na eletrodinâmica em nível médio

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Esquemas conceituais como recurso de ensino, aprendizagem e avaliação na eletrodinâmica em nível médio
Autor Müller, Angela Denise Eich
Orientador Moreira, Marco Antonio
Data 2014
Nível Mestrado profissional
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Física. Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física.
Assunto Aprendizagem significativa
Ensino de fisica
Ensino médio
Mapa conceitual
Teorias de aprendizagem
[en] Conceptual schemes
[en] Evaluation
[en] Learning
[en] Meaningful learning
[en] Teaching
Resumo O sistema educacional enfrenta inúmeras dificuldades para atender às demandas de sua clientela. A busca incessante por novas estratégias de ensino, aprendizagem e avaliação faz parte do cotidiano do professor que deseja que seus alunos aprendam e que o façam significativamente. Sabe-se que o educando requer atividades que despertem sua curiosidade e atenção em sala de aula, por isso é importante que o professor encontre novas alternativas de ensinar e avaliar para que o aluno perceba o quanto é relevante fazer parte do processo de ensino, aprendizagem e avaliação. Com o intuito de estimular o aluno a envolver-se mais nesse processo, foi proposto o uso de esquemas conceituais, baseados nos mapas de conceitos, como instrumento de ensino, aprendizagem e avaliação. Esta estratégia está fundamentada na Teoria da Aprendizagem Significativa de Ausubel e requer envolvimento tanto do aluno quanto do professor, pois ambos devem estar cientes de que a metodologia proposta supõe um nível bem maior de participação da que ocorre quando uma abordagem mecânica é empregada. Isso se deve ao fato de o aluno ter a oportunidade de refazer seu trabalho e, portanto, para que a nota seja alterada o professor precisa assessorá-lo em mais de um momento. Como essa estratégia envolve professor e aluno, oportuniza troca de ideias entre os próprios autores do esquema conceitual, e entre eles e o professor. Essa interação favorece a aprendizagem significativa, pois o aluno ao refazer seu trabalho a partir das sugestões dadas pelo professor precisa estudar novamente o assunto abordado e, com isso, está acrescentando significados aos subsunçores já existentes na estrutura cognitiva, o que evidencia a ocorrência de aprendizagem significativa. Esse envolvimento no processo de aprendizagem auxilia os alunos a perceber que desempenham papel fundamental na aprendizagem, no ensino e no processo de avaliação e que, além disso, tudo depende de seu desejo de participação e de seu próprio desempenho, ajudando-os dessa forma, a sentirem-se mais responsáveis por sua aprendizagem.
Abstract The educational system faces nowadays difficulties to meet the demands of its clientele. The ongoing search for new teaching, learning, and evaluation strategies is part of the daily life of the teacher who is interested in their students’ learning and wants them to learn meaningfully. It is known that learners require activities that call their curiosity and attention so that it is important for the teacher to find new alternatives for teaching and evaluating that can lead students to perceive how much it means to be actively engaged in the teaching, learning and evaluation processes. The use of conceptual schemes, based on concept maps as a tool for teaching, learning, and evaluating, is proposed here with the aim of encouraging students to get more involved in their own educating process. The theoretical framework for this proposal is Ausubel’s Theory of Meaningful Learning and requires the participation of both teacher and learner because the two of them must be aware that such methodology asks for a much higher level of participation than when a rote learning type of approach is applied. This stems from the opportunity students have of redoing their task until they are satisfied with it, and the teacher, on the other hand, has to assess it more than once. As this strategy brings together students and teacher, it facilitates the sharing of ideas among the authors of the conceptual schemes, and between these students with the teacher. Such an interaction favors meaningful learning as the students can redo their work based on suggestions offered by peers and teacher, and, furthermore, they feel encouraged to review once more the contents they have studied in class. This action helps students add meanings to the subsumers they already have in their cognitive structure, and this stands as an evidence of the occurrence of meaningful learning. This involvement in the learning process helps students feel that they play an important role in the learning, teaching, and evaluation process and, furthermore, that all depends on their willingness to participate and on their own performance, thus, helping them become more responsible for their own learning.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/109787
Arquivos Descrição Formato
000951283.pdf (3.276Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.