Repositório Digital

A- A A+

Uma comparação entre estimativas empíricas e teórica da evapotranspiração numa floresta em Ji-Paraná, Rondônia

.

Uma comparação entre estimativas empíricas e teórica da evapotranspiração numa floresta em Ji-Paraná, Rondônia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma comparação entre estimativas empíricas e teórica da evapotranspiração numa floresta em Ji-Paraná, Rondônia
Outro título A comparison between theoretical and empirical estimation of the evapotranspiration in an forest on Ji-paraná, Rondônia
Autor Dallarosa, Ricardo Luiz Godinho
Orientador Clarke, Robin Thomas
Data 1996
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Centro Estadual de Pesquisas em Sensoriamento Remoto e Meteorologia. Programa de Pós-Graduação em Sensoriamento Remoto.
Assunto Evapotranspiracao
Hidrologia
Hidrologia florestal
Resumo A estimativa da evapotranspiração constitui-se num parâmetro bastante solicitado em projetos agrícolas, hidrológicos, anibientais, climatológicos e outros. A existência de numerosos métodos tem causado alguma confusão aos seus diversos usuários em virtude da natureza marcadamente empinica com que foram concebidos e das diferentes exigências de dados resultante da realidade fisica de cada um. Em vimde da baixa densidade da rede de estaçoes climatológiicas na Amazônia e do seu limitado elenco de parimetros básicos medidos, a escolha do método a ser adotada deve ser precedida de uma certa cautela de modo que n utilização dos dados disponiveis possa atender à máxima realidade fisica possível. É, em geral, aceito na bibliogafia que os mitodos ditos combinados (que combinam as abordagens aerodinâmica e energetiça) representam uma importante ferramenta h disposição para o cálculo dos fluxos de calor latente emanados de superfícies naturais. Neste trabalho, os dados utilizados fazem parte do acervo gerado dentro do Projeto ABRACOS (Anglo-Brazil ian Amazonian Climate Obsewation Study) que foi desenvolvido na Amazônia conjuntamente por pesquisadores britânicos e brasileiros entre os anos de 1991 e 1995. Foram realizadas estimativas de evapotranspiração num sitio de floresta na Amazônia (Reserva Biológica do Sam, Ji- Paraná/RO) através de dois diferentes tipos de métodos combinados bastante utilizados: o método de Penman-Monteith (que estima a evapobanspiração real) e o método de Pries tley-Taylor (que estima a evapotranspjração potencial). O periodo abrangido é representado por duas séries temporais de sete dias que ocorreram durante o penodo sêco do ano de 1993 (29 de Junho ii 05 de JuIho; 19 à 25 de Julho) e os resultados foram comparados com os valores medidos por um dispositivo (Hydra) de correlação de vórtices turbulentos (eddy), desenvolvido por cientistas do hstitnte of Hydrology m), que esteve operante no local. Foram analisadas as diferenças encontradas em função das variáveis medidas por uma estação meteorelógica automática e discutidas tais diferenças em virtude das limitações impostas pelos métodos propostos. O método de Penman-Monteith apresentou significativas diferenças entre uma série e ouira em virtude de profundas alterações registradas na velocidade do vento ê no déficit de pressão de vapor, O método de Priestley-Taylor manteve uma similaridade entre as duas séries provavelmente devido íi sua forte dependência da radiação líquida a qual apresentou, por sua vez, valores similares em ambas as séries. Os valores relativos aos fluxos de calor latente estimados foram sempre superiiores AqrreIes medidos pelo Hydra e ambos (quer sejam os medidos ou os estimados) demonswam que tais fluxos representam mais de 80% da energia radiante disponível sendo, portanto, fundamental no processe de partição de energia pela vegetação na região e, por conseguinte, na sua climatologia.
Abstract Estimates of evapotmnspiration are very much required in agriçultural, hydrological, environmental, and climatological projeçts nowadays. The vast number of existing methods has led users to some kind of trouble, due to the empirrcal nature in which they have bem developed, and to the diRerent deniands of data which results from the physical teality of each one of them. Due to the low density of climatological stations in the network of Amazonia, and to the limited nmber of the basic parameters measured, one must be rather careful as to the selection of the method to be used, so that the use of the available data can fill as mrich as possíble the physiçal demands. It is acçepted in the literature, that the so called çombhed methods (eombining both aetodpamic and energetic approaçhes) make up an impostant to01 to be used in the calculation of latent heat fluxes ernanated from natural surfaces. In this work the data have been compiled from the ABRACOS Project ( Anglo-Brazilian Amazonian Climate Obsemati on Study) deve1 oped in Amazonia jointly by British and Brazi1ia.n researchers in the period 1 991 - 1 995. Estimates ofevapotranspiration have been made in a forest site in Arnazonia (Reserva Biofógica do Jaru, Ji-Paraná/RO) through íwo very much used diffeient combined methods : Penrnan-Monteith (which estimates real evapotranspiration ) and Priestley-TayIor (whiçh estirnates potential evapotranspiration). The period considered is made up of two temporal seven days series which occurred in the dry season of 1983 (29 June to 05 July; 19 to 25 July) being the results compared to the vaIues measwed by an eddy correlation device (Hydra) developed by scientists of the Tnstitute of Hydrology, which was operating án the site. The differences found have been anatysed açcording to the variables measured by an automatic weather station, being these differences discussed due to the limitations imposed by the proposed methods. The Penman-Monteith method showed significant differences between the two seies due to deep changes registered in wind speed and vapour pressure deficit. The Friestley-Taylor method kept a similarity between the two sefies, probably due to a strong dependence on the net radiation, which also showed similar values in both series. The esbrnated values regarding latent heat fluxes were always above those measured by Hydra and both demonstrate (either the measured or the estimated ones) that such fluxes represent more than 80% of the availabte radiating energy behg, for that reason, fundamenta1 in the process of energypartition in the vegetation of that rregion, and accordingly, in its climatology.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/10992
Arquivos Descrição Formato
000528116.pdf (14.03Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.