Repositório Digital

A- A A+

Mulheres e handebol no Rio Grande do Sul : narrativas sobre o processo de profissionalização da modalidade e das atletas

.

Mulheres e handebol no Rio Grande do Sul : narrativas sobre o processo de profissionalização da modalidade e das atletas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Mulheres e handebol no Rio Grande do Sul : narrativas sobre o processo de profissionalização da modalidade e das atletas
Autor Andres, Suelen de Souza
Orientador Goellner, Silvana Vilodre
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Esporte profissional
Handebol
Mulheres
[en] Handball
[en] Professionalization
[en] Women
Resumo Esta dissertação tem como objetivo analisar o processo de profissionalização de atletas praticantes de Handebol de um time do Rio Grande do Sul considerando, sobretudo, suas narrativas acerca do que entendem sobre ser profissional do Handebol. Sua fundamentação teórico-metodológica está ancorada na História Oral cuja forma de captação de informações está centrada na realização de entrevistas com pessoas significativas ao contexto analisado. Considerando que o lócus da investigação foi a equipe APAHAND/UCS/Prefeitura de Caxias do Sul, sediada na cidade de Caxias do Sul, foram realizadas entrevistas com todas as atletas da equipe além de seu preparador físico. Com o objetivo de ampliar o quadro empírico também foram entrevistados quatro pessoas cuja história de vida está relacionada ao Handebol regional e nacional. A análise dessas entrevistas foi realizada considerando os objetivos da pesquisa e o referencia teórico que a fundamenta de onde emergiram dois eixos temáticos: como se dá o processo de profissionalização das atletas envolvendo suas narrativas sobre essa profissionalização e o esporte espetáculo no qual discuto aspectos relacionados à patrocínios, a relação com a mídia, a visibilidade da modalidade e a presença de público nos espaços de competição. A partir das análises foi possível verificar apesar do Brasil obter conquistas significativas e do Rio Grande do Sul apresentar uma equipe consolidada e reconhecida, o Handebol praticado por mulheres vive de uma pseudoprofissionalização cuja estrutura oferta condições ainda precárias para que as atletas possam viver do esporte.
Abstract This paper has as a goal to analyze the professionalization process of the handball female athletes in a team from Rio Grande do Sul, considering specially its issues about what is being a handball professional in their opinion. Its methodology is based in the oral history, that were collected by interviews with people who are connected to the context analyzed. Considering that the center of the investigation were the APAHAND/UCS/Prefeitura de Caxias do Sul team, located in Caxias do Sul city, the interviews were realized with all the team athletes, and their coach. To enrich the research, four more people - who their life stories are connected with the local and national handball history – were also interviewed. The analysis of the results considered the target of this study and the theoretical reference, that brings to light two issues: how the process of athletes professionalization happens, involving its narratives about the professionalization and the sport’s show, where I discuss aspects related to sponsors, the relation with media, the handball visibility and the audience during the competitions. With the analysis, it was possible to identify that despite Brazil’s team had good results, and Rio Grande do Sul had a recognized team, the Handball practiced for women lives a pseudo-professionalization, with conditions that don’t permit the female athletes have the sport as a way of live.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/109978
Arquivos Descrição Formato
000952079.pdf (1.563Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.