Repositório Digital

A- A A+

Avaliação da espectroscopia no infravermelho combinada a análise multivariada para caracterização e controle de qualidade de bebidas saborizadas a base de soja

.

Avaliação da espectroscopia no infravermelho combinada a análise multivariada para caracterização e controle de qualidade de bebidas saborizadas a base de soja

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação da espectroscopia no infravermelho combinada a análise multivariada para caracterização e controle de qualidade de bebidas saborizadas a base de soja
Autor Rech, André Machado
Orientador Ferrão, Marco Flôres
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Curso de Química Industrial.
Assunto Espectroscopia no infravermelho
Soja
Resumo A cultura agrícola brasileira que mais cresceu nas últimas décadas, correspondendo a 49% da área plantada em grãos do país, é a soja. Consequentemente, o setor de alimentos à base de soja vem crescendo ao longo dos anos, e a produção de bebidas a base de soja é a linha na qual mais se tem investido. Apesar do mercado dos produtos de soja estar em expansão, poucos métodos de controle de qualidade para este seguimento vem sendo desenvolvidos. Por este motivo, métodos de avaliação são necessários para caracterizar e definir aspectos de qualidade dos produtos a base de soja. Neste contexto o presente trabalho aborda o uso da espectroscopia no infravermelho combinada à análise multivariada para caracterização e controle de qualidade de bebidas saborizadas a base de soja. Para tanto, técnicas quimiométricas de análises multivariadas como a análise hierárquica de agrupamentos (HCA) e a análise por componentes principais (PCA) foram utilizadas em dados obtidos por espectroscopia no infravermelho por transformada de Fourier empregando reflexão total atenuada (FTIR-ATR). Amostras comerciais de bebidas a base de soja, bem como amostras com adição crescente de água até 25% v/v foram utilizadas neste estudo. Os resultados da análise multivariada (HCA e PCA) permitiram identificar amostras que foram adulteras com água a partir da amostra original em teores acima de 5%, bem como a classificar a amostras por marca e por tipo de suco de fruta. Com base nos resultados alcançados esta metodologia analítica é promissora para o controle de qualidade das bebidas a base de soja, tanto em laboratórios de alimentos, como na produção industrial.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110010
Arquivos Descrição Formato
000951963.pdf (645.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.