Repositório Digital

A- A A+

Pesquisa dos genes cdtA, cdtB, cdtC e flaA em amostras de Campylobacter jejuni isoladas de cortes de frango de corte.

.

Pesquisa dos genes cdtA, cdtB, cdtC e flaA em amostras de Campylobacter jejuni isoladas de cortes de frango de corte.

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Pesquisa dos genes cdtA, cdtB, cdtC e flaA em amostras de Campylobacter jejuni isoladas de cortes de frango de corte.
Autor Silva, Gabriel Luz da
Orientador Nascimento, Vladimir Pinheiro do
Co-orientador Perdoncini, Gustavo
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Medicina Veterinária.
Assunto Campilobacter jejuni
Fatores de virulência
Frangos de corte
Infeccao alimentar
PCR : Aves
[en] Campilobacteriosis
[en] Foodborne illness
[en] Virulence factors
Resumo A espécie Campylobacter jejuni tem sido associado com infecções alimentares, e os principais alimentos envolvidos são produtos avícolas, leite não pasteurizado, água contaminada e verduras cruas. Em humanos as manifestações mais comuns são as gastroenterites. As bactérias utilizam fatores de virulência para aderir e colonizar o epitélio intestinal e causar a infecção. Dentre estes fatores, podemos citar a toxina Citotoxina Letal Distensiva, CDT, que é codificada pelos genes cdtA, cdtB e cdtC. Esta toxina bloqueia o ciclo celular causando a distensão da célula e a sua morte. Outro fator é o flagelo bacteriano, codificado pelo gene flaA, este auxilia na quimiotaxia e adesão do microorganismo nas estruturas intestinais. As 36 amostras utilizadas neste estudo foram isoladas de cortes de frango (peito, sobrecoxa, coxa e coxa da asa). A presença dos genes foi pesquisada através da técnica de PCR. Foram encontradas as seguintes frequências 88%, 91%, 88% e 75% para os genes cdtA, cdtB, cdtC e flaA, respectivamente. Em 72% foi encontrada a presença dos quatro genes. A presença do gene flaA pode ser um indicativo de uma estirpe de Campylobacter jejuni mais patogênica, pois este gene está envolvido com a capacidade da bactéria colonizar o intestino e provocar o quadro infeccioso, e ainda poderia facilitar a ação dos genes CDT para a produção da toxina.Os resultados encontrados neste trabalho são semelhantes aos encontrado na literatura consultada, que relatam altas frequências destes genes. É importante a análise de mais amostras para averiguar a importância e o aparecimento destes genes nos isolados de Campylobacter jejuni e no futuro associar com outros fatores de virulência que permitam caracterizar melhor as amostras circulantes.
Abstract The species campylobacter jejuni has been associated with foodborne illness, and the main feed involved are poultry products, unpasteurized milk, contaminated water and raw vegetables. The most common manifestations of the symptoms in humans are gastroenteritis. Bacterial uses virulence factors to adhere and colonize the intestinal epithelium and to cause infection. Among these factors, we can mention a citolethal distending toxin, CDT, which is encoded by the genes cdtA, cdtB and cdtC. This toxin blocks the cell cycle causing distention of the cell and its death. another factor it is the bacterial flagellum, encoded by the gene flaA, which assists in chemotaxis and adherence of microorganisms in the intestinal structures.Tthe 36 samples used in this study were isolated from chicken parts (breast, drumstick, thigh and wing thigh). The presence of those genes was screened by pcr. The following frequencies were found, 88%, 91%, 88% and 75% for cdtA genes, cdtB, cdtC and flaA, respectively. In 72% of the samples were found the presence of the four genes studied. The presence of flaA gene may be indicative of a more pathogenic campylobacter jejuni strain, because this gene is involved with the bacteria ability to colonize the intestine and cause infection, and, could also facilitate the action of cdt genes for the production of the toxin. The results obtained in this study are similar to those found in the literature, which reports frequencies close to 100%. the analysis of more samples is substantial to ascertain the importance of these genes and the frequency that they appear in campylobacter jejuni isolates, and in the future, be able of associate them with other virulence factors that allow better characterization of the circulating strains.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110044
Arquivos Descrição Formato
000952069.pdf (340.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.