Repositório Digital

A- A A+

Aspectos fitotécnicos, bromatológicos e componentes bioativos de Pereskia aculeata, Pereskia grandifolia e Anredera cordifolia

.

Aspectos fitotécnicos, bromatológicos e componentes bioativos de Pereskia aculeata, Pereskia grandifolia e Anredera cordifolia

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aspectos fitotécnicos, bromatológicos e componentes bioativos de Pereskia aculeata, Pereskia grandifolia e Anredera cordifolia
Outro título Agronomic and bromatologic aspects, and bioactive compounds of Pereskia aculeata, Pereskia grandifolia and Anredera cordifolia
Autor Souza, Lucéia Fátima
Orientador Barros, Ingrid Bergman Inchausti de
Data 2014
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia.
Assunto Composicao quimica
Hortaliça
Morfologia vegetal
Óleo essencial
Propagação vegetativa
Valor nutritivo
Resumo As espécies Pereskia aculeata Miller e Pereskia grandifolia Haworth e Anredera cordifolia (Tenore) Steenis) são hortaliças não convencionais utilizadas na culinária tradicional pelo alto valor nutricional. Apesar da importância e do potencial alimentício das espécies do gênero Pereskia e da A. cordifolia, pouco se tem feito para expandir o conhecimento sobre tecnologia de produção ou mesmo composição química com caráter nutricional. Com base nisso, os objetivos deste trabalho foram fazer a caracterização morfologica destas espécies, estudar métodos de propagação, realizar análises da composição química, identificar o perfil de óleos essenciais e avaliar sua atividade biológica. Os resultados mostraram que P. aculeata e P.grandifolia propagam-se de forma sexuada e assexuada. A. cordifolia não produz sementes e a propagação vegetativa com estacas de ramos ou com mini tubérculos é viável. Com relação ao perfil nutricional, as três hortaliças apresentaram um bom potencial antioxidante, sendo os melhores resultados obtidos com extrações etanólica ou metanólica. As três hortaliças apresentaram folhas um bom potencial antioxidante, sendo os melhores resultados obtidos com extrações etanólica ou metanólica. Quanto à composição bromatológica, Com relação ao perfil nutricional A. cordifolia apresentou maior teor proteico (21,05%) do que a P. aculeata (14,38%) e a P. grandifolia (14,96%). O rendimento de óleo essencial foi de 0,03% e 0,09% para P. aculeata e P. grandifolia, respectivamente e para a A. cordifolia foi de 0,06%. Os componentes majoritários do óleo para a P. aculeata foram fitol, ácido hexadecanóico, para P. grandifolia foram óxido de manoyl e fitol, para a Anredera cordifolia foram 6-metyl α-ionone e n-hexadecano. Quanto a efeitos fitotóxicos, os óleos de Pereskia não foram efetivos na germinação das sementes de Sinapsis arvensis, Phalaris canariensis e Raphanus sativus, no entanto, afetaram o alongamento das radículas de R. sativus e S. arvensis. O óleo essencial de Anredera cordifolia estimulou a germinação de S. arvensis. Os óleos testados mostraram modesta atividade inibitória em bactérias patogênicas gram-positivas. Os resultados fornecem novas informações sobre a germinação de Pereskia e sobre a composição e efeitos biológicos de óleos essenciais de A. cordifolia, P.aculeata, P.grandifolia que contribuem para um melhor conhecimento dessas espécies.
Abstract The species Pereskia aculeata Miller, Pereskia grandifolia Haworth and Anredera cordifolia (Tenore) Steenis) are not conventional vegetables, normally used in traditional cooking because of their high nutritional value. Despite the importance and potential of the food species of the genus Pereskia and A. cordifolia, known as ora-pro-nobis and bertalha heart, little has been done to increase knowledge on propagation and cultivation technology and on the chemical composition with nutritional value. Based on this, the objectives of this study were to characterize morphologically these species, study methods of propagation, perform analysis of the chemical composition, identify the essential oils profile and evaluate its biological activity. The results showed that P. aculeata and P.grandifolia spread from sexual and asexual form A. cordifolia does not produce seeds and vegetative propagation with cuttings of branches or mini tubers is feasible. The three vegetables showed leaves with a good antioxidant potential, and the best results were obtained with ethanol or methanol extractions. Regarding nutritional profile A. cordifolia showed higher protein content (21.05%) than P. aculeata (14.38%) and P. grandifolia (14.96%).The yield of essential oil extraction by hydrodistillation was 0.03% and 0.09% essential oil (dry basis) to P.aculeata and P. grandifolia, respectively, whereas A. cordifolia was 0.06%. The principal oil components of P. aculeata were phytol and hexadecanoic acid, to P. grandifolia were manoyl oxide, phytol and n-octadecane and for A. cordifolia were 6-α-ionone methyl and n-hexadecane. Furthermore, in relation to phytotoxic effects, the oils of peresquias weren´t effective on seed germination of Sinapsis arvensis, Phalaris canariensis and Raphanus sativus, however, affected the elongation of the rootlets of R. sativus and S. arvensis. The oils tested showed modest inhibitory activity in pathogenic gram-positive bacteria.The results provide new information on the germination of Pereskia and on the composition and biological effects of essential oils of A. cordifolia, P.aculeata, P.grandifolia that contribute to a better understanding of these species.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/110057
Arquivos Descrição Formato
000952172.pdf (2.088Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.