Repositório Digital

A- A A+

Concreto aparente : gargalos e oportunidades

.

Concreto aparente : gargalos e oportunidades

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Concreto aparente : gargalos e oportunidades
Autor Dreon, Vinícius Carrion Coelho
Orientador Masuero, Angela Borges
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho versa sobre o concreto aparente, no que diz respeito aos seus gargalos e oportunidades em relação ao projeto, especificação de materiais, processo executivo e também sua estética e durabilidade. A partir da literatura, foram abordados os elementos constituintes do concreto, sua influência na durabilidade e estética, assim como as recomendações de projeto e execução para garantir um concreto durável e de superfície homogênea, contínua e lisa. Dessa forma, partiu-se para a etapa de pesquisa em campo, tendo sido acompanhada a execução de parte de um empreendimento residencial na cidade de Porto Alegre. O empreendimento caracteriza-se por ter elementos internos em concreto aparente (lajes e pilares), tendo sido adotado um sistema especial de fôrmas para pilares (fôrma trepantes e autotrepante) e lajes (paginação da fôrma), além da necessidade da criação de paredes de concreto durante a fase de projeto para eliminação das vigas nos apartamentos, priorizando o caráter estético do concreto aparente. Durante a execução notou-se a necessidade de um correto mapeamento das chapas de compensado, locando a posição de cada uma delas através de sua numeração, de modo a evitar desencontro de juntas. O planejamento dos processos construtivos também foi essencial, uma vez que as fôrmas dos pilares e paredes apresentavam grandes dimensões, tendo-se que dividir a concretagem da laje em duas etapas, uma vez que para a concretagem da laje ocorrer era necessário desformar os pilares, deslocando essas fôrmas para a outra etapa da laje. Finalmente, foram avaliados os resultados obtidos através dos cuidados executivos, tendo-se percebido a ocorrência de defeitos superficiais como bolhas, vazios e manchas, havendo a necessidade de aplicação de uma fina camada superficial de argamassa em pilares, principalmente, e lixamento, no caso das lajes. Em relação à durabilidade, os testes de permeabilidade e avaliação de fissuras realizados in loco também apontaram a necessidade da aplicação dessa camada superficial de armagassa na estrutura, a fim de evitar a penetração de agentes agressivos, podendo gerar futura carbonatação do concreto e corrosão da armadura.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110086
Arquivos Descrição Formato
000952043.pdf (1.591Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.