Repositório Digital

A- A A+

Princípios criativos concebidos a partir das noções de pré-coisas e da atividade de transver de Manoel de Barros

.

Princípios criativos concebidos a partir das noções de pré-coisas e da atividade de transver de Manoel de Barros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Princípios criativos concebidos a partir das noções de pré-coisas e da atividade de transver de Manoel de Barros
Autor Carlan, Carina Prina
Orientador Aymone, Jose Luis Farinatti
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Faculdade de Arquitetura. Programa de Pós-Graduação em Design.
Assunto Barros, Manoel de 1916-.
Design de produto
Processo criativo
[en] Creative principles
[en] Creativity
[en] Generation of ideas
Resumo Na dissertação, estudou-se a poesia de Manoel de Barros, como contribuição ao processo criativo do projetista/desenhista (designer) no âmbito inicial de um projeto de concepção/desenho (design). Dá-se atenção especial a duas abordagens da obra do poeta: as ‘pré-coisas’ e a atividade de ‘transver’, que consistem, respectivamente, nos processos ainda sem significado ou forma, e naqueles vistos de outras maneiras. A partir destes conceitos, estabeleceram-se relações com alguns princípios criativos e ferramentas de auxílio à geração de ideias já existentes. Encontrou-se possibilidade de gerar novos princípios criativos a partir da poesia do autor. Para viabilizar esta hipótese, buscou-se suporte teórico em estudos de semiologia, em abordagens sobre criatividade e nas relações do processo (design) com forma, função, material e sensações atribuídos aos produtos. Desta maneira, esta pesquisa resultou na geração de três princípios criativos gerados a partir das noções de ‘pré-coisas’ e da atividade de ‘transver’. Esses, se denominaram, respectivamente, Princípio de Arquissema, que se fundamenta em pensar “no antes”, Princípio de Comparamento, o qual visa atribuir semelhanças, e Princípio de Constativo, que busca ampliar a significação de objetos. Para melhor entender como esses princípios se relacionam ao processo criativo do desenhista (designer), realizaram-se dois exemplos, nos quais se buscou gerar ideias com auxílio dos princípios propostos. Utilizou-se, como exemplo, um objeto ainda em plano conceitual, chamado por Manoel de Barros de ‘desobjeto’, ou “abridor de amanhecer”, a fim de ofertar sugestões para que tal desobjeto passasse a ser um objeto. Por fim, também se buscou problematizar um tema ocasional, optando-se pelo da chuva, a fim de fornecer ideias, ainda conceituais, às conseqüências que ela possa causar.
Abstract In this study, it was investigated the poetry of Manoel de Barros, as a contribution to a designer’s creative process, in the original scope of a design project. Special attention is given to two approaches of the poet's work: the ‘pre-things’, and the activity of transver, consisting, respectively, of processes yet without meaning or form, and of those seen in other ways. From these concepts, were established relationships with some creative principles and with tools that help the generation of ideas already set. It was found the possibility of generating new creative principles from the author's poetry. In order to test this hypothesis, it was sought theoretical support in studies of semiology, in creative approaches, and in relations of design with form, function, material, and sensations attached to the products. Thus, this research resulted in the generation of three creative principles obtained from conceptions of ‘prethings’ and of ‘transver’ activity. These were called, respectively, Principle of Arquissema, which is based on thinking "in before", Principle of Comparamento, that proposes similarities, and Principle of Constativo, which search for expanding the meaning of objects. For better understanding of how these principles relate to the designer’s creative process, there were performed two examples, in which ideas were generated with the aid of the proposed principles. As an example, it was used an object yet in conceptual outline, called by Manoel de Barros as ‘desobjeto’, or ‘dawn opener’, in order to offer suggestions to transform such ‘desobjeto’ in an object. At last, it was also examined an occasional theme, whose option was for that of rain, in order to offer ideas, even conceptual, and the consequences they may cause.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/110099
Arquivos Descrição Formato
000951647.pdf (16.71Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.