Repositório Digital

A- A A+

Estudo da permeabilidade em filmes de polietileno verde

.

Estudo da permeabilidade em filmes de polietileno verde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da permeabilidade em filmes de polietileno verde
Autor Soares, André Luiz Flores
Orientador Almada, Fernando Costa
Tessaro, Isabel Cristina
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo O objetivo deste trabalho é estudar a influência dos parâmetros de extrusão na permeabilidade a vapor d’água e oxigênio em filmes de polietileno verde. A motivação para esse estudo é que a indústria de alimentos exige que embalagens tenham boas propriedades de barreira, para que o produto mantenha a qualidade e as características desejadas. O PE verde foi escolhido, pois é uma boa alternativa na substituição do tradicional PE petroquímico, que além de manter todas as propriedades do polietileno tradicional, possui um grande apelo de sustentabilidade. Neste trabalho foi feito uma revisão sobre Polietileno e suas aplicações, focando mais na aplicação para embalagem de alimentos e também, uma revisão sobre o fenômeno de transporte de gases através de um filme, bem como os mecanismos de transporte e os fatores que influenciam esse fenômeno e uma revisão sobre o processo de extrusão de filmes. Para este trabalho foram escolhidas incialmente cinco resinas para a confecção das amostras, sendo duas de polietileno de baixa densidade linear e três de polietileno de alta densidade e os parâmetros de extrusão variados foram espessura do filme, razão de sopro e altura da linha de neve. Devido a problemas na extrusora, as amostras de filmes de polietileno de alta densidade não ficaram prontas em tempo hábil para serem incluídas nesse trabalho, então, buscou-se na literatura informações para explicar o comportamento esperado para estas amostras. Para as amostras de filmes de polietileno de baixa densidade linear, a espessura teve a maior influência, tendo uma relação inversamente proporcional com a permeabilidade. O esperado era que razão de sopro e altura da linha de neve também tivessem uma relação inversamente proporcional, mas isso não foi verificado em todos os casos. Comparando as duas resinas não foi verificado nenhuma grande diferença nos resultados de permeabilidade, visto que são muito parecidas. Buscando na literatura o comportamento esperado para as reinas de alta densidade, foi visto que todas as variáveis teriam uma relação inversamente proporcional com a permeabilidade, sendo a espessura do filme a variável com maior efeito. Por fim, comparando as resinas de alta densidade com as de baixa densidade linear, seria esperado que as de alta tivessem melhores propriedades de barreira que as lineares.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110105
Arquivos Descrição Formato
000951813.pdf (994.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.