Repositório Digital

A- A A+

Estudo da eficiência de coagulação-floculação na remoção de óleo do efluente gerado em uma empresa do ramo petroquímico

.

Estudo da eficiência de coagulação-floculação na remoção de óleo do efluente gerado em uma empresa do ramo petroquímico

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo da eficiência de coagulação-floculação na remoção de óleo do efluente gerado em uma empresa do ramo petroquímico
Autor Knorst, Aline Jéssica
Orientador Feris, Liliana Amaral
Co-orientador Cardoso, Manuela Gomes
Data 2012
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Química.
Assunto Engenharia química
Resumo Unidades de osmose inversa tem como um dos principais problemas a formação de depósitos sobre as membranas e, a fim de que eles possam ser removidos, são necessárias limpezas químicas. A formulação da limpeza deve ser determinada para cada unidade, uma vez que ela depende das características dos depósitos e de suas interações com as membranas. O presente trabalho estuda diferentes agentes e condições de limpeza pela realização de testes em sistema de bancada em membranas retiradas de operação de um sistema de desmineralização de águas. Os resultados foram avaliados em termos do aumento da permeabilidade hidráulica e da rejeição salina após limpezas realizadas sob diferentes condições de processamento com NaOH e ácidos cítrico, oxálico e clorídrico. Em nenhuma das condições de limpeza testadas com ácido cítrico obteve-se resultados satisfatórios, este produto tornou os depósitos ainda mais aderidos à membrana e mais resistentes a remoção reduzindo os parâmetros de acompanhamento. O ácido oxálico apresentou o melhor resultado em limpeza realizada com solução a 1 % em pH 4 e a 35 °C com um aumento de cerca de 7,6 % na permeabilidade. Experimentos com ácido clorídrico não foram conclusivos, sendo necessária a realização de novos experimentos. Ainda, avaliou-se a sequência de limpeza de maior recuperação na permeabilidade e na rejeição salina, obtendo-se que, para as características dos depósitos e suas interações com a membrana estudada, a limpeza ácida quando realizada previamente a limpeza alcalina apresenta os melhores resultados. Os resultados obtidos mostraram que na comparação entre os coagulantes o que apresentou melhor eficiência foi o Al2(SO4)3. Já os resultados obtidos com os floculantes demostraram que o reagente de maior eficiência foi o Mafloc. O melhor resultado do primeiro lote de efluentes, foi obtido utilizando a combinação de coagulante Al2(SO4)3 (200 ppm) e floculante Mafloc (12 ppm), que resultou em turbidez residual do clarificado de 1,28 NTU. Já nos ensaios do segundo lote de efluentes, o melhor resultado foi obtido utilizando-se como coagulante o Al2(SO4)3 (140 ppm) e como floculante o Mafloc (2 ppm) e os resultados obtidos foram de 1,20 NTU de turbidez e 15,6 ppm de óleos e graxas obtidos no clarificado.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110106
Arquivos Descrição Formato
000951816.pdf (1.134Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.