Repositório Digital

A- A A+

Projeto de uma ponte em arco inferior em concreto armado

.

Projeto de uma ponte em arco inferior em concreto armado

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Projeto de uma ponte em arco inferior em concreto armado
Autor Hoss, Cristiano
Orientador Schwingel, Rubem Clecio
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho trata do desenvolvimento de um projeto de uma ponte rodoviária urbana de concreto armado, em arco inferior, com eixo retilíneo, esconsa, construída com elementos pré-fabricados. As fundações, os encontros e alguns elementos de ligação serão moldados in loco. A obra será executada no município de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul, no cruzamento entre a avenida Ipiranga e a rua Machado de Assis. A concepção estrutural foi definida tendo em vista o desafio que uma ponte em arco inferior de concreto armado apresenta. Esta ponte é constituída por três arcos inferiores paralelos, que são interligados por três vigas transversais. Estas vigas recebem os tabuleiros e transmitem as ações para os arcos que sustentam a estrutura. Nos extremos das pontes, os tabuleiros se apoiam nas paredes de contenção. Estas recebem, também, os arcos, por meio de uma estrutura conhecida como cálice, e descarregam as solicitações geradas sobre as fundações profundas, necessárias devido as condições de contorno apresentadas pelo solo. Fez-se inicialmente um pré-dimensionamento da estrutura, dividindo a mesma em estruturas menores e mais simplificadas, para definir as seções iniciais e as propriedades dos materiais que foram utilizadas no modelo tridimensional. O modelo foi desenvolvido no SAP2000, com elementos shell e frame. Em seguida aplicaram-se sobre ele os carregamentos permanentes, variáveis e excepcionais. Desta forma se mensurou os esforços solicitantes atuantes sobre a estrutura. Para cada elemento estrutural, realizou-se o dimensionamento da armadura necessária. Iniciando-se pelo arco, depois as lajes protendidas da pista e do passeio, a laje central e as vigas transversais (in loco) e, por fim, a fundação. Após se fez o detalhamento de cada elemento estrutural e sua armadura, como também os cortes, plantas baixas e plantas de montagem da estrutura. Considerou-se o caso de transporte e içamento das peças préfabricadas e os devidos esforços solicitantes que atuam nestas etapas. Neste trabalho não se teve o objetivo de analisar a viabilidade econômica da estrutura ou a comparação entre diversas soluções. Os conceitos e as prescrições normativas existentes foram apenas aplicados e não se teve o objetivo de desenvolver uma nova teoria para o assunto. Em todas as etapas foi de fundamental importância a pesquisa bibliográfica.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110119
Arquivos Descrição Formato
000951912.pdf (4.270Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.