Repositório Digital

A- A A+

Resíduos de concreto com fibra de polipropileno : estudo sobre a sua utilização como agregado graúdo na confecção de concreto

.

Resíduos de concreto com fibra de polipropileno : estudo sobre a sua utilização como agregado graúdo na confecção de concreto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Resíduos de concreto com fibra de polipropileno : estudo sobre a sua utilização como agregado graúdo na confecção de concreto
Autor Streit, Frederico Lutckmeier
Orientador Dal Molin, Denise Carpena Coitinho
Co-orientador Silva, Cristina Vitorino da
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo Este trabalho trata sobre a reutilização de resíduos de concreto com fibra de polipropileno, provenientes da fabricação de celas de presídios. Por conter estas fibras, o concreto excedente não pode ser descartado legalmente em aterros, gerando uma enorme quantidade de resíduos sem destinação, e que, até o momento, estão sendo estocados no terreno do fabricante das celas. Para reduzir o impacto ambiental gerado, este trabalho estuda a viabilidade de reciclar os resíduos através da utilização destes como agregado graúdo em um novo concreto, do ponto de vista da durabilidade. Para isto, foram feitas análises em corpos de prova de concreto moldados com diferentes teores de substituição do agregado graúdo natural pelo reciclado. Os teores de substituição escolhidos foram de 0%, 25%, 50% e 75%, sendo que para cada um deles havia três traços de relação entre cimento e agregados: 1:3,5 (fcm médio de 42 MPa, a/c = 0,4), 1:5 (fcm médio de 34 MPa, a/c = 0,5) e 1:6,5 (fcm médio de 25 MPa, a/c = 0,6). Os ensaios realizados foram de carbonatação acelerada, difusão por cloretos e absorção por capilaridade, sendo possível observar uma diferença visível nos resultados. No ensaio de penetração de cloretos, verificou-se, para os três traços, um padrão comportamental de aumento da penetrabilidade com o acréscimo do teor de substituição do agregado graúdo, chegando a 77,3% o valor médio nos concretos com teor máximo de substituição quando comparados ao concreto referência. No ensaio de absorção capilar também se observou um padrão de acréscimo da absorção do concreto com o aumento do teor de resíduos, chegando a um valor médio de 36% na absorção do concreto com maior teor de substituição quando comparado ao concreto referência. Já no ensaio de carbonatação acelerada não foi possível verificar um padrão comportamental entre os diferentes teores de agregado graúdo reciclado. Em se tratando do traço do concreto, foi possível verificar um aumento da profundidade de carbonatação na medida em que se aumenta a relação a/c, não havendo carbonatação no concreto de traço 1:3,5.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110137
Arquivos Descrição Formato
000951955.pdf (1.741Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.