Repositório Digital

A- A A+

Agregados reciclados de resíduos de construção e demolição : remoção de contaminantes por separação por densidade para utilização em concreto

.

Agregados reciclados de resíduos de construção e demolição : remoção de contaminantes por separação por densidade para utilização em concreto

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Agregados reciclados de resíduos de construção e demolição : remoção de contaminantes por separação por densidade para utilização em concreto
Autor Zortea, Jeancarlo
Orientador Dal Molin, Denise Carpena Coitinho
Co-orientador Abreu, Aguida Gomes de
Data 2014
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Engenharia. Curso de Engenharia Civil.
Assunto Engenharia civil
Resumo O setor produtivo da construção civil tem enorme influência sobre a economia do País. Em contrapartida, ele se destaca por gerar significativos volumes de resíduos de construção e demolição (RCD) devido ao uso de métodos e técnicas construtivas artesanais e de baixa eficiência. Estes RCD são normalmente descartados em aterros, em muitos casos irregulares, provocando um desequilíbrio ambiental e desperdício de material que poderia ser aproveitado para outras finalidades, como a utilização em misturas de concreto. Com isto, a reciclagem destes materiais se demonstra como uma excelente solução para o problema. Mas por apresentarem características físicas e comportamento bastante heterogêneos e também pela possibilidade de conterem contaminantes em sua composição como é o caso do vidro e gesso, que podem provocar danos ao concreto, assim, seu uso é restrito, especialmente nos casos em que se necessita de garantias do material aplicado, como em concretos estruturais. Dessa forma, exige-se que se faça uma triagem dos resíduos para que no futuro possam servir como agregados reciclados em concretos de modo intensivo e amplo. No entanto, as ferramentas que são usadas para este propósito possuem baixo desempenho por gerar altos custos de operação e manutenção, e problemas para gerenciar os subprodutos de suas atividades. Então, este trabalho visou testar um equipamento da indústria da mineração, que realiza a separação dos materiais por densidade, chamado de jigue pneumático para separar os principais contaminantes existentes no RCD – gesso e vidro. Isto foi realizado com a finalidade de melhorar as propriedades mecânicas dos concretos produzidos com agregados provenientes da reciclagem do RCD, bem como garantir sua durabilidade frente aos processos de degradação (reação álcali-agregado e reação expansiva por sulfatos). Para avaliar a viabilidade da utilização do jigue pneumático para realizar a segregação do gesso e do vidro, foram realizados ensaios de avaliação dos agregados reciclados a partir de resíduos contaminados, antes e após passarem pela jigagem e, também, de concretos produzidos com estes agregados. O processo de jigagem à seco revelou-se capaz de segregar o gesso ao ponto de poder usar o RCD como agregado na produção de concretos, sem oferecer riscos de diminuir as resistências à compressão e à tração. Porém, não foi efetivo na tentativa de separar o vidro dos resíduos de construção e demolição.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/110139
Arquivos Descrição Formato
000951972.pdf (105.9Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.