Repositório Digital

A- A A+

Associação entre eosinofilia duodenal e dispepsia funcional

.

Associação entre eosinofilia duodenal e dispepsia funcional

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Associação entre eosinofilia duodenal e dispepsia funcional
Autor Leite, Carine
Orientador Sander, Guilherme Becker
Co-orientador Mazzoleni, Luiz Edmundo
Data 2014
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Programa de Pós-Graduação em Ciências em Gastroenterologia e Hepatologia.
Assunto Biópsia
Dispepsia
Duodeno
Eosinófilos
[en] Biopsy
[en] Duodenum
[en] Dyspepsia
[en] Eosinophil
Resumo Introdução: Dispepsia funcional é uma doença de alta prevalência e grande impacto econômico e social. Sua etiologia ainda é pouco conhecida, e a literatura tem sugerido a associação do aumento do número de eosinófilos em mucosa duodenal com os sintomas dispépticos. No entanto, o tema ainda é controverso. Objetivo: Avaliar se existe associação entre contagem de eosinófilos duodenais e sintomas dispépticos. Métodos: Foram incluídos pacientes dispépticos funcionais pelos critérios de Roma III (casos) e indivíduos assintomáticos do trato gastrointestinal (controles). Os dois grupos foram pareados por idade, sexo e infecção por Helicobacter pylori (H. pylori). Eosinófilos da segunda porção duodenal foram quantificados em 5 campos de maior aumento (CMA), selecionados randomicamente em fragmentos de biópsias endoscópicas, e o valor comparado entre os grupos. Resultados: Foram incluídos 42 dispépticos funcionais e 21 controles (idade média 39,6 e 38,7 anos respectivamente); 71,4% mulheres e 61,9% H. pylori positivos em cada grupo. Casos e controles apresentaram semelhante contagem de eosinófilos/CMA na biópsia duodenal, mediana 11,9 e 12,6 respectivamente (P=0,194). No grupo de casos a contagem de eosinófilos foi maior entre os portadores de H. pylori do que nos indivíduos não infectados (mediana 13,6 versus 6,1 P<0,001); no entanto foi semelhante no grupo de controles (mediana 12,6 versus 15,7 P=0,8). Conclusões: Não foi demonstrada diferença de contagem de eosinófilos duodenais entre dispépticos funcionais e controles. Entretanto, parece haver interação com infiltrado eosinofílico e sintomas no subgrupo de casos infectados pelo H. pylori.
Abstract Introduction: Functional dyspepsia is a highly prevalent disease with major economic and social impact. Its etiology is still poorly understood, and it has been suggested the association of increased numbers of eosinophils in duodenal mucosa with dyspeptic symptoms. However, this issue is still controversial. Objective: To determine if there is association between duodenal eosinophilia and dyspeptic symptoms. Methods: Functional dyspeptic patients according to the Rome III criteria (cases) and individuals without gastrointestinal symptoms (controls) were included. Groups were matched by age, sex and infection with Helicobacter pylori (H. pylori). Eosinophils in the second duodenal portion were counted in five high-power fields (HPF), randomly selected in endoscopic biopsies and the value was compared between groups. Results: 42 functional dyspeptic patients and 21 controls (mean age 39.6 and 38.7 years old, respectively) were included; 71.4% were women and 61.9% were positive for H. pylori in each group. Cases and controls had similar eosinophil counts/HPF in the duodenal biopsy: median 11.9 and 12.6 respectively (P = 0.194). In the case group the eosinophil count was higher in H. pylori carriers than in noncarriers (median 13,6 versus 6,1 P<0,001); however this count was similar in the control group (median 12,6 versus 15,7 P=0,8). Conclusions: No difference was found in duodenal eosinophil count between functional dyspeptic patients and controls. However, there seems to be an interaction between eosinophilic infiltrate and symptoms in the subgroup of H. pylori-infected cases.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/110200
Arquivos Descrição Formato
000952222.pdf (676.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.